Use o cupom CEC2024 pra ganhar desconto em qualquer curso da escola!

HomeDoençasSarna em cães: GUIA COMPLETO

Sarna em cães: GUIA COMPLETO

A sarna é uma doença grave, altamente transmissível e que causa muita coceira e desconforto pro cachorro. Existem alguns tipos de sarna e nesse artigo iremos abordar tudo que você precisa saber sobre o assunto.

O que é sarna em cachorros?

A sarna em cachorros é uma doença de pele causada por ácaros parasitas. Esses ácaros podem causar uma variedade de problemas cutâneos e desconforto para o animal afetado. Existem diferentes tipos de sarna que podem afetar os cães, cada uma com características distintas.

Tipos de sarna em cachorros

Existem três tipos principais de sarna que afetam os cachorros:

  • Sarna Sarcóptica: Causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei, essa forma de sarna é altamente contagiosa e pode se espalhar rapidamente entre os cães. É conhecida por causar intensa coceira e irritação na pele do animal.
  • Sarna demodécica (Sarna Negra): Causada pelo ácaro Demodex canis, essa sarna é mais comumente vista em cães jovens e pode estar relacionada a problemas imunológicos. Ela pode se manifestar de duas formas: localizada, afetando áreas específicas da pele, ou generalizada, afetando uma área maior do corpo.
  • Sarna Otodécica: Também conhecida como sarna de ouvido, é causada pelo ácaro Otodectes cynotis. Esses ácaros infestam os ouvidos dos cães, causando coceira intensa e irritação.
sarna-em-caes

Causas da sarna

As causas da sarna em cachorros estão relacionadas à infestação por ácaros parasitas. Esses ácaros podem ser transmitidos de um cachorro para outro através do contato direto ou indireto. Fatores como estresse, má nutrição e condições imunológicas comprometidas também podem aumentar o risco de um cachorro desenvolver sarna.

Sintomas da sarna

Os sintomas da sarna em cachorros podem variar dependendo do tipo de sarna e da gravidade da infestação. No entanto, alguns sintomas comuns incluem:

  • Coceira intensa
  • Perda de pelo
  • Lesões na pele
  • Vermelhidão e inflamação
  • Crostas e feridas

Diagnóstico da sarna

O diagnóstico da sarna em cachorros geralmente é feito por um veterinário através de exames físicos e análises da pele do animal. Em alguns casos, pode ser necessário fazer raspados de pele para identificar os ácaros responsáveis pela infestação. É importante diagnosticar e tratar a sarna o mais rápido possível para evitar complicações e desconforto para o cachorro.

Como saber se o cachorro está com sarna?

Identificar se o seu cachorro está com sarna pode ser um desafio, especialmente porque os sintomas podem variar dependendo do tipo de sarna e da gravidade da infestação. No entanto, alguns sinais comuns que podem indicar a presença de sarna incluem:

  • Coceira persistente e intensa
  • Perda de pelo em áreas específicas do corpo
  • Vermelhidão e inflamação na pele
  • Presença de crostas, feridas ou lesões cutâneas
  • Mudanças no comportamento do cachorro, como irritabilidade ou agitação devido ao desconforto causado pela coceira

Se você observar algum desses sintomas em seu cachorro, é importante consultar um veterinário para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

sarna-cachorro-tratamento

O que provoca a sarna no cachorro?

A sarna em cachorros é causada pela infestação de ácaros parasitas que se alojam na pele do animal. Esses ácaros podem ser transmitidos de um cachorro para outro através do contato direto ou indireto. Fatores como estresse, má nutrição e condições imunológicas comprometidas também podem aumentar o risco de um cachorro desenvolver sarna.

Como saber se é sarna ou alergia?

É comum haver confusão entre sarna e alergias de pele em cachorros devido a sintomas semelhantes, como coceira e irritação cutânea. No entanto, há diferenças importantes entre as duas condições:

  • Sarna: Geralmente é acompanhada por perda de pelo, lesões na pele e presença de ácaros visíveis sob exame microscópico da pele.
  • Alergias de pele: Podem ser desencadeadas por alérgenos ambientais, como pólen ou ácaros, e geralmente não envolvem a presença de ácaros na pele. Os sintomas podem incluir coceira, vermelhidão e inflamação, mas a pele do cachorro pode não apresentar crostas ou feridas típicas da sarna.

Se você não tem certeza se o seu cachorro está com sarna ou alergia, é importante consultar um veterinário para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

O que pode ser confundido com sarna?

Além das alergias de pele, outros problemas dermatológicos em cachorros podem ser confundidos com sarna. Alguns deles incluem:

  • Dermatite bacteriana: Infecções bacterianas na pele do cachorro podem causar sintomas semelhantes aos da sarna, como vermelhidão, coceira e lesões cutâneas.
  • Fungos cutâneos: Infecções fúngicas, como a dermatofitose (ou “tinha”), podem causar perda de pelo e lesões na pele que podem ser confundidas com os sintomas da sarna.
  • Reações adversas a produtos químicos: O contato com substâncias irritantes ou alérgenas, como produtos de limpeza ou pesticidas, pode desencadear reações cutâneas que se assemelham aos sintomas da sarna.
sarna-otodecica-ouvido-cachorro
Sarna de ouvido

Tratamento da sarna

O tratamento da sarna em cachorros geralmente envolve o uso de medicamentos tópicos, como shampoos e cremes, para matar os ácaros e aliviar os sintomas. Em casos mais graves, o veterinário pode prescrever medicamentos orais ou injetáveis. Além disso, é importante tratar também outros animais que possam estar infectados e desinfetar o ambiente para prevenir a reinfestação.

Remédios para sarna

O tratamento da sarna em cachorros geralmente envolve o uso de medicamentos específicos para combater os ácaros e aliviar os sintomas. Alguns dos remédios mais comuns incluem:

  • Medicamentos tópicos: Shampoos, cremes e loções contendo ingredientes ativos como permetrina, selamectina ou amitraz podem ser prescritos para matar os ácaros e aliviar a coceira e a inflamação na pele do cachorro.
  • Medicamentos orais: Em casos mais graves ou persistentes, o veterinário pode prescrever medicamentos orais, como ivermectina ou milbemicina, para ajudar a combater a infestação por ácaros de dentro para fora.
  • Injeções: Em casos de sarna mais severa, o veterinário pode administrar injeções de medicamentos, como doramectina, para controlar a infestação e reduzir a inflamação na pele do cachorro.

É importante ressaltar que a escolha do medicamento e o regime de tratamento adequado podem variar dependendo do tipo e da gravidade da sarna, bem como das características individuais de cada cachorro. Por isso, é fundamental consultar um veterinário para obter um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado às necessidades do seu pet.

Sarna-em-cachorro-remedio
A sarna também pode ser confundida com alergias

Prevenção da sarna

Algumas medidas podem ser tomadas para prevenir a sarna em cachorros, incluindo:

  • Manter o cachorro limpo e bem cuidado
  • Evitar o contato com animais infectados
  • Manter o ambiente limpo e desinfetado
  • Fortalecer o sistema imunológico do cachorro através de uma dieta balanceada e exercícios regulares
  • Consultar regularmente um veterinário para exames preventivos e orientações sobre cuidados com a pele do animal

Se você suspeitar que o seu cachorro está com sarna, é fundamental consultar um veterinário para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado. Somente um profissional de saúde animal pode identificar corretamente a causa dos sintomas e recomendar o tratamento mais apropriado para o seu cachorro.

sarna cachorro coceira

Conheça nossos cursos

Cuide melhor do seu cão
e resolva seus problemas

Meu Cachorro Equilibrado

Aprenda a cuidar do seu cachorro da maneira certa.

Vivendo Sem Latidos

Ensine seu cachorro a parar de latir em excesso.

Sozinho Sem Sofrimento

Acabe de vez com a Ansiedade de Separação.

Comandos Essenciais

Melhore a comunicação entre vocês.

Primeiros Socorros para Cães e Gatos

Aprenda a salvar vida do seu cão.

Xixi e Cocô no Lugar Certo

Necessidades no lugar certo sempre!

Receba nossas novidades