Tudo sobre vermes e vermifugação

Escrito por: Yasmin Souza

O que é o verme?

 
Os vermes, ou ‘helmintos’ são seres vivos, como a gente. Porém, tem algumas características específicas. São invertebrados, ou seja, não possuem a coluna espinhal e estão presentes praticamente no mundo todo: no ambiente, na água e inclusive dentro de outros animais (por ex.: seres humanos, cães). São chamados vermes parasitas quando são prejudiciais a saúde do animal.
 
 

Verme de cachorro passa para os humanos?

 
Existem algumas verminoses específicas que se chamam ‘zoonoses‘. São enfermidades que são transmissíveis do animal para o homem (ex.: giardia).
 
A Ancilostomose é um tipo de verminose presente nas fezes de cães e gatos, que pode afetar o ser humano quando este anda descalço. O verme penetra na pele geralmente na zona dos pés, nádegas e costas, e provoca anemia.
 
Tome um remédio de verme pelo menos de 6 em 6 meses se você tem cães.
 
 

Como que o cachorro pega verme?

 
As vezes nós cuidamos muito bem de nossos pets, aplicamos todas as vacinas necessárias e mesmo assim eles pegam vermes. Por que isso ocorre?
 
Ele se infecta de alguma forma pois existe alguma fonte de infecção. Há vários tipos de vermes no ambiente e em outros animais, assim como existem vários tipos de infecções.
 

Infecção de verme por via oral

A infecção do verme no cão pode ocorrer por via oral, quando o animal ingere ovos ou larvas do verme presentes no ambiente, no solo, na água, em lugares com muita umidade e principalmente nas fezes.
 

Infecção de verme por via cutânea

Outro tipo de infecção é a cutânea, que é a penetração através da pele do animal onde ele não precisa necessariamente estar ferido para ocorrer. Os vermes penetram na pele do animal e causam a verminose.
 

Infecção de verme através de um hospedeiro intermediário

Existe a ingestão através de um hospedeiro intermediário, aonde o verme vai morar um tempinho e continuar o seu ciclo de crescimento e de reprodução. Neste meio tempo, o cão ingere, por exemplo, uma pulga ou um piolho e o animal se infecta com este verme.
 

Infecção de verme da mãe para o filhote

Outro tipo de infecção que não podemos deixar de falar é através da mãe para o filhote. Tanto pelo leite, como pela gestação.
 
 

Quais são os tipos principais de verme?

 
No caso dos cães e se tratando de verminose intestinal, a gente destaca dois grandes grupos: namatoides e cestoides, que são os vermes redondos e os vermes chatos. Dentre eles, podemos focar naqueles que a gente mais vê na rotina veterinária, que são os ancylostomas, os ascaris (lombrigas) e o mais comum de todos que é o dipiligian.
 
 

O vermífugo previne ou trata o verme

 
Agora vamos falar da prática. Quando vamos vermifugar o cachorro, o vermífugo está prevenindo ou tratando o problema? Como funciona o vermífugo?
 
Terapeuticamente falando, eles vão tratar os vermes que já existem no seu cão. Mas ele também é um atuante na profilaxia (prevenção), que é o controle das verminoses. É claro que precisamos adotar outras medidas, que veremos a seguir.
 
cachorro-verme
 

Como prevenir os vermes nos cães

 

CONTROLE DE AMBIENTE

A principal medida de prevenção dos vermes é o controle do ambiente. Por exemplo, a remoção de fezes, evitar que o animal faça as necessidades em local fechado e que não bate sol, já que a umidade é um fator que proporciona a sobrevivência das larvas e ajuda os vermes a crescerem.
 
Nos canis, é muito importante que haja higienização com água morna e que bata sol.
 

COMBATE DE PULGAS E PIOLHOS

O verme que mais acomete os cães se chama dipilídio e é transmitido através de pulgas e piolhos, que são os hospedeiros intermediários, fazendo necessários os cuidados com este problema.
 
 

     

De quanto em quanto tempo devo vermifugar meu cachorro?

 
Quando compramos um cão em um criador ou em uma ONG, ele provavelmente ainda é um filhote de 2 meses, que precisa fazer o ciclo de vacinas (veja aqui tudo sobre vacinação). Mas qual é o protocolo de vermifugação? E quando ele já é adulto?
 
A medicina veterinária, assim como a humana está caminhando para protocolos individuais. O veterinário tem a capacidade de medir o risco que o animal está correndo de por exemplo, adquirir um berne, de acordo com o ambiente que ele vive, se o dono leva o animal para sair ou se fica apenas dentro de casa, se ele convive com outros animais etc. A partir daí o veterinário vai montar um protocolo de vermifugação para o seu cachorro.
 
Agora, de uma maneira geral, é bom sabermos como acontece na prática, já que muitas pessoas não tem condições de levar ao veterinário.
 

VERMIFUGAÇÃO DE FILHOTES

Como existe a transmissão da mãe para o filhote, através do leite ou na própria gestação, a partir da segunda semana de vida o filhote já pode ser vermifugado. A grande maioria dos fármacos não vão trazer riscos ao animal.
 

COMO DAR O REMÉDIO DE VERMES AO FILHOTE

Comece a primeira dose a partir da segunda semana e a cada 15 dias, dê outra dose. Continue este processo até o desmame, que ocorre por volta dos 45 dias de vida, época em que se leva ao veterinário e se dá a primeira vacina também. A partir daí, vermifugue seu cão de 3 em 3 meses. É recomendado que sempre que você der 1 dose de vermífugo, repita o processo com mais 1 dose após 15 dias, para reforçar, e só então, esperar os 3 meses.
 

ATÉ QUE IDADE MEU CÃO PRECISA SER VERMIFUGADO DE 3 EM 3 MESES?

Este período de 3 em 3 meses é recomendado também para a fase adulta, principalmente se há um grande risco de contágio. Porém, o correto na fase adulta é realizar teste de diagnóstico para verificar se o animal possui verme ou não.
 
 

Como é feito o diagnóstico de vermes no cão?

 
Para descobrir se o cachorro tem verme, é feito o exame de fezes. O ideal é levar o cão ao veterinário a cada 4 ou 6 meses para realizar o exame e tendo algum verme, já tratar. Além disto, controlar o ambiente é de extrema importância. Porém, como os exames em cães não é algo muito barato e nem todas as pessoas tem condições de fazer com esta frequência, uma segunda opção é levar ao veterinário, onde ele vai fazer um protocolo individual para o seu animal. Por exemplo, para um cachorro de apartamento, pode ser que o veterinário recomende a vermifugação de 6 em 6 meses, como em humanos. Isto vai depender de uma série de fatores ambientais, fisiológicos e de rotina que só um veterinário poderá analisar melhor.
 
 

Como saber se meu cachorro está com verme?

 
O dono vai notar algum sinal de comportamento anormal ou desconforto em seu cão. Por exemplo:
 
1- perda de apetite
2- fraqueza
3- perda de peso
4- sangue nas fezes (em qualquer quantidade)
5- mudança na textura das fezes
6- esfregar o bumbum no chão
7- barriga distendida
 
 

Devo vermifugar meu cachorro mesmo sem sintomas de verme?

 
Os vermífugos são medicações seguras para se fazer de 3 a 4 meses. Não se deve dar vermífugo ao seu cão se ele não estiver bem de saúde, assim como não é indicado vaciná-lo. Só vermifugue ou vacine seu cachorro se ele estiver 100% saudável.
 
 

Como escolher o vermífugo ideal?

 
Muitas pessoas tem dúvidas se devem dar vermífugo líquidos ou em comprimidos. O ideal é que seja plus, ou seja, vermífugo que tenham combinações de fármacos que matam de uma vez só várias espécies de vermes, sendo mais eficaz. Em relação à dose, pode variar de acordo com cada fabricante e o veterinário de seu pet também pode instruí-lo sobre a dosagem certa para o caso dele.
 
Veja aqui como dar remédio líquido pro seu cachorro.
Veja aqui como dar remédio em comprimido pro seu cachorro.
 
 

Vermífugo líquido ou em comprimido, qual o melhor?

 
A diferença será na quantidade e na forma da aplicação. Você pode optar de acordo com o que acha mais fácil dar ao seu cachorro.
 

VERMÍFUGO PARA CACHORROS PEQUENOS x VERMÍFUGOS PARA CACHORROS GRANDES

Se o seu cachorro for muito pequeno, pode ser que você tenha que dividir o comprimido em pedaços muito miúdos, a fim de aplicar a quantidade certa de acordo com o peso. Neste caso, é mais indicado dar o vermífugo líquido. Agora, se o seu cachorro já tem um porte maior, você já pode dar um comprimido com mais facilidade. Vale lembrar novamente que o vermífugo ‘plus’ é sempre o mais indicado, por matar uma quantidade maior de espécies, sendo mais eficaz no tratamento e profilaxia dos vermes. Não deixe de levar seu cãozinho ao veterinário sempre que possível.
 
Veja a entrevista da Halina Medina com uma veterinária Mariana Castro, onde ela tira todas as dúvidas dos nossos leitores sobre VERMIFUGAÇÃO
 


 

Conheça nosso canal oficial no YouTube:

canal tudo sobre cachorros


 

   


288 Shares
Share288
WhatsApp
Tweet
Pin