Fazer as necessidades só na rua é bom?

Escrito por: Cão Cidadão

Por Tatiana Moreno, adestradora, franqueada e membro do Grupo de Estudos Científicos da Cão Cidadão
 
Ensinar o cão a acertar o local certo de fazer xixi e cocô é uma das principais preocupações dos tutores. Muitas pessoas acabam desistindo do treino por falta de tempo, ou incentivando o pet a fazer suas necessidades somente na rua para manter a casa limpa.
 
Contudo, você já se perguntou se é bom para seu bichinho se aliviar somente quando passeia?
 
Cuidado ao estabelecer essa regra para seu cão, pois isso significa que você terá condições de lhe proporcionar, em média, três passeios diários, independentemente do clima que estiver fazendo lá fora. É preciso ter em mente que, sem dedicação, essa conduta pode desencadear no pet problemas renais, já que ele está sempre à espera de uma voltinha para poder fazer o xixi e o cocô.
 
Com o treinamento correto, é possível que o animal aprenda o local adequado para se aliviar, assim, ele terá mais de uma opção quando estiver apertado.
 
Confira o vídeo onde a Halina Medina, fundadora do Tudo Sobre Cachorros, fala sobre o problema que teve com sua bulldog francês Pandora:
 


 

Conheça nosso canal oficial no YouTube:

canal tudo sobre cachorros


 
 
Para ajudar o amigo, utilize as dicas abaixo.
 

Superfície absorvente

Quando for levar o peludo para passear, leve também um jornal ou um tapete higiênico. Antes que ele se alivie em postes ou no chão, coloque a superfície absorvente no chão e o incentive a utilizá-la.
 
Quando ele o fizer, agrade-o com petiscos e carinho, para que o animal entenda que utilizando aquele utensílio só tem a ganhar.
 
Se o cão não utilizar a superfície escolhida, nada de bronca! Apenas ignore-o e continue batalhando pelos acertos. Aos poucos, ele vai perceber que a recompensa ocorre quando utiliza seu novo banheiro. No início, xixis e cocôs feitos bem ao lado do jornal ou tapete higiênico contam como ponto positivo para o cãozinho, ok?
 

     

Banheiro certo

Quando as etapas acima estiverem mais avançadas, é hora de treiná-lo em casa.
 
Nesse ponto, o pet já estará mais familiarizado com a superfície absorvente escolhida e é hora de pensar com cuidado na localização do novo banheiro. É importante que fique afastado da caminha e dos potes de água e de comida, pois, por higiene, os cães evitam fazer suas necessidades no local onde dormem e se alimentam.
 
O ideal é escolher um local fixo para ser o banheiro do pet, mas como ele ainda está compreendendo essa “nova forma de se aliviar”, vale colocar alguns jornais ou tapetes pela casa para aumentar as chances de acerto até que o treino esteja 100%.
 
Também observe se há espaço para que o cão consiga dar aquelas famosas voltinhas antes de utilizar seu banheiro. Dependendo do tamanho do cão, uma dica é montar uma área maior, com dois ou mais tapetes, ou mais folhas de jornal.
 
Além disso, é preciso deixar o local sempre limpo. Uma fralda muito úmida por conta de diversos xixis, por exemplo, fará com que o cão não queira pisar na sujeira e procure outro lugar para se aliviar.
 
Cães adultos podem desenvolver preferências por determinadas superfícies, então, é possível testar algumas opções que podem ir do jornal à grama sintética, e observar com o que eles se sentem mais confortáveis.
 

Broncas? Nem pensar!

 
Um bom treino de banheiro – e isso vale inclusive para cães já adultos! – consiste em recompensar todos os acertos do pet e ignorar completamente seus erros, como já dito acima.
 
As broncas podem passar uma mensagem errada e fazer com que o treino dure muito mais tempo do que o necessário. O cão pode interpretar uma bronca como sucesso em conseguir chamar atenção ou entender que o errado é fazer suas necessidades, independentemente do local.
 
Veja o relato da Halina sobre as consequências das broncas que ela deu na Pandora:
 


 

Conheça nosso canal oficial no YouTube:

canal tudo sobre cachorros


 
 
Por fim, dentro de casa, sempre que seu cão demonstrar vontade de ir ao banheiro, leve-o até o local e fique por perto para que possa recompensá-lo logo após o acerto.
 
Com dedicação e os estímulos corretos, seu cão irá compreender as regras e logo estará utilizando o banheirinho com naturalidade.
 
Caso precise de ajuda, conte com um adestrador profissional.
 
necessidades-na-rua
 

   


209 Compart.
Compartilhar209
WhatsApp
Twittar
Pin