6 vícios comuns em donos de cachorro na hora do carinho

Escrito por: Yasmin Souza

Em qual perfil patológico de carinho compulsivo você se encaixa ao dar amor ao seu cão? Confira neste artigo as 6 manias caninas afetivas mais comuns.
 
Mas saiba que você não está sozinho! Esses vícios irresistíveis são bem mais comuns do que você pensa! Se lhe disserem que é loucura, não acredite. Só quem tem um cãozinho em seu lar sabe o quanto esses atos “insanos” fazem bem.
 
1-Síndrome de Felícia
 
Só de olhar para aquela cara fofa que só o seu cão sabe fazer para a personagem de desenho animado Felícia encorporar em você. Uma força incontrolável o faz agarrá-lo e abraçá-lo com toda voracidade e amor intenso. Difícil até de alguém conseguir separar!
 

abraco-felicia-carinho-dono-cachorro

Foto: Reprodução


 
 
2- Serial Beijo Killer
 
O pobre do seu cãozinho não pode nem transitar livremente pela casa sem passar pelo seu ataque de beijos em série! Ele não tem outra opção a não ser esperar até que terminem todos os beijinhos. E parece que até sabe disso, pois fica pacientemente esperando acabar…
 
beijo-carinho-dono-cachorro

Foto: Reprodução


 
 
3- Esquimofrênico
 
O beijo de esquimó é conhecido por aquele beijo que esfrega nariz com nariz. Se você adora cheirar o focinho do seu cão, então esta é a sua categoria.
 
dono-cheirando-focinho-cachorro

Foto: Reprodução


 
 
4- Cheirador Patológico
 
A segunda categoria de cheiros é para aqueles donos que são viciados no chulézinho excêntrico do seu amigo cão. Há quem diga até que o aroma é tão gosto quanto doritos!
 
dono-cheirando-pata-cachorro

Foto: Reprodução


 
 
5- Barriguinhomaníaco
 
No topo da pirâmide de cheiros está essa categoria. A simples visualização da imagem abaixo faria um barriguinhomaníaco perder completamente a cabeça e entrar em surto. Ao se deparar com uma barriguinha, seja ela rosada ou pintadinha, é capaz de cheirar essa lisa e agradável parte anatômica canina por horas, esquecendo até dos compromissos. Os filhotes gordinhos são as vítimas mais comuns.
 
cheirar-barriguinha-vicio-cachorro-dono

Foto: Reprodução


 
 
6- COC – Carinhoso Obsessivo Compulsivo
 
Podendo progredir para uma tendinite crônica ou LER (Lesão por Esforço Repetitivo), essa doença pode ter um pouco de culpabilidade canina, quando o seu cão praticamente o obriga com a pata ou a cabeça a continuar para sempre seu gostoso carinho toda vez que pensa em parar.
 
nao-parar-de-fazer-carinho-cachorro

Foto: Reprodução


 

   


620 Compart.
Compartilhar620
WhatsApp
Twittar
Pin