Ter um cachorro x trabalhar fora | Tudo Sobre Cachorros

Ter um cachorro x trabalhar fora

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 14/05/2015

Recebemos e-mails todos os dias de pessoas com o mesmo dilema: o amor pelos cães as fazem querer um cachorro, mas elas trabalham fora o dia todo e o cachorro teria que ficar sozinho.
 
Mas então, o que fazer? Hoje em dia, muita gente mora sozinha ou com um companheiro e geralmente em um casal, os dois passam o dia fora trabalhando. Então qual seria a solução? Esperar ter filhos, esperar os filhos cresceram um pouco, contratar uma ajudante do lar e só aí ter um cachorro? Calma, existem outras formas.
 
Várias pessoas tem cachorros e elas são solteiras, moram sozinhas ou então são casadas e a casa fica vazia o dia todo. É possível, sim, ter um cão e ainda assim trabalhar fora. Pode não ser o ideal, mas é totalmente possível.
 
 

Soluções pra quem trabalha fora e mesmo assim quer um cachorro

 
cachorro sozinho em casaPra começar, um cão é uma responsabilidade enorme e essa deve ser uma decisão muito bem pensada. Afinal, esse cão ficará por pelo menos 10 anos sob os seus cuidados. Recomendamos ler dois artigos que julgamos importantes para tomar a decisão de ter um cachorro:
 
– 20 razões pra NÃO TER um cachorro
– 20 razões pra TER um cachorro
 
Ok, você já sabe que quer um cachorro e está disposto a arcar com tudo. Então o que fazer se você fica o dia todo fora?
 
Se você quer um cão de raça, primeiro procure uma raça que seja mais independente e que tolere melhor a solidão. Veja aqui as raças que ficam melhores sozinhas.
 
Se você quer adotar, precisa escolher um cachorro que tenha um perfil mais independente, que não seja muito carente ou manhoso, que esteja acostumado a ficar sozinho desde cedo.
 
 

Pegue o cachorro nas suas férias

Um filhote requer vários cuidados extras, como por exemplo, aprender a fazer as necessidades no lugar certo. É preciso ter tempo para ensiná-lo (aprox. 2 semanas). Você também vai precisar mostrar pra ele o que é certo e errado, o que ele pode ou não mexer e outras regras da casa (não subir no sofá, por exemplo). Se puder tirar 30 dias de férias, é o ideal. Se não, 2 semanas é o mínimo.
 
 

Acostume o cachorro a ficar sozinho

Quando pegamos um novo cachorrinho, a vontade que dá é passar o dia grudado com ele, brincando, dormindo e passando o tempo todo junto. Mas imagina, essa é uma falsa realidade. Lembre-se: você está de férias. Quando voltar a trabalhar, seu cachorro vai estranhar muito a sua ausência se você não acostumá-lo desde sempre. Caso contrário, poderá gerar uma Ansiedade de Separação no cachorro.
 
Então, mesmo que você esteja de férias, acostume-o a ficar sozinho, mesmo quando você estiver em casa. Comece ficando 10 minutos fora de casa. Depois fique 20 minutos. Depois 1 hora. Por fim, passe o dia fora e veja como seu cachorro se sai. Lembre-se de não se despedir dele nem fazer festa ao chegar, pelo menos 10 minutos antes de sair e 10 minutos depois de chegar. Parece crueldade, mas é mais cruel criar um ser extremamente dependente de você, sendo que você vai passar 10, 12 horas fora por dia quando voltar a trabalhar. Você está ensinando seu cachorro a ficar bem sozinho e isso é maravilhoso.
 
Veja aqui dicas pra deixar seu cachorro sozinho em casa.
 
 

Coloque o cachorro na creche

Muitas pessoas riem quando falamos isso, mas as creches para cães estão cada vez mais comuns, principalmente nas capitais do Brasil. São locais onde você deixa seu cachorro de manhã e busca à noite. Ele passa o dia sendo cuidado, brinca, é adestrado, se diverte com outros cães e de quebra ainda se socializa. Veja aqui a importância da socialização.
 
O ideal são 3 vezes por semana, por exemplo, segunda, quarta e sexta. Na terça e na quinta, o cachorro estará super cansado dos dias da creche e ficará tranquilo em casa. Se não puder financeiramente, dois dias por semana já ajuda muito, por exemplo, terça e quinta. Uma creche para cães, 3 vezes por semana, na cidade de São Paulo custa em média R$500 por mês.
 
 

Deixe na casa de amigos ou parentes

Se seus pais moram perto de você, pode ser uma ideia deixar o cachorro com eles durante o dia enquanto você trabalha. Mas, não é o ideal, pois você estará dependendo de outra pessoa. Caso aconteça alguma coisa, seus amigos ou seus pais se mudam, você precise mudar de cidade, enfim, esse plano não funciona. Por isso não aconselhamos muito esse método, já que você dependerá de outras pessoas e nunca sabemos o dia de amanhã.
 
 

Considere ter outro cachorro

Cachorros são animais de matilha e nenhum deles realmente GOSTA de ficar sozinho, por mais tranquilo que fique. Um outro cão é excelente, eles brincam, dormem juntos, se divertem e fazem companhia um pro outro. Ao contrário do que você possa pensar, ter dois cães não dá mais trabalho. O trabalho é o mesmo, afinal, você vai continuar precisando trocar o tapetinho, dar comida e passear. O que aumenta são os custos, pois é tudo em dobro. O amor também dobra. ;)
 
Veja nosso artigo: devo ter mais de um cachorro?
 
 
Resumindo: ter um cão envolve responsabilidade e principalmente PLANEJAMENTO. Planeje pensando que serão 10 anos, ou seja, não é algo apenas pro momento, é algo que tem que perdurar. Se você tomar uma decisão consciente e prever o máximo possível os percalços dessa jornada, tem todas as chances da relação de você com seu cão ser uma linda história de amor.
 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.