20 razões pra você NÃO TER um cachorro

20 razões pra você NÃO TER um cachorro

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 18/12/2014

Antes de mais nada, a decisão de ter um cachorro precisa ser MUITO bem pensada. Estamos falando de uma vida que vai durar pelo menos 10 anos sob a sua responsabilidade. Nas grandes cidades do país, para cada cinco habitantes há um cachorro. Destes, 10% estão abandonados. No Brasil existem mais de 20 milhões de cachorros abandonados. No verão esse número aumenta 70% porque as famílias resolvem viajar nas férias e abandonam seus cães(!!!).
 
Demorei 4 anos para finalmente decidir ter um cachorro (a Pandora). Essa decisão precisa ser muito bem pensada e analisada, pois um cachorro demanda uma imensa responsabilidade. Resolvemos listar aqui as razões que você precisa considerar antes de se aventurar na jornada de criar um cão.
 
Um cachorro traz enormes benefícios pra nossa vida e nossa saúde, que listamos nesse artigo. Mas é importante analisar o que irá mudar na sua vida depois de decidir ter um cão.
 
Veja aqui 20 razões pra você TER um cachorro!
 
 

Porque não ter um cachorro

 
1. Esqueça viagens com tanta frequência
 
Depois que você tem um cachorro, viajar torna-se um hábito muito menos frequente. Antes de ter a Pandora, eu costumava viajar sempre nas férias, fazia viagens longas de 20 dias, 30 dias. Hoje em dia, é raro quando viajo sequer durante um fim de semana.
 
Pra começar, se você for fazer uma viagem longa, precisará levar em conta que o cachorro vai ficar um um hotelzinho para cães. A diária custa em média R$100,00. Pra uma viagem de 20 dias, isso já significa R$2.000,00 a mais nos gastos da viagem. Você pode deixar o cachorro na casa de um amigo, mas não é tão fácil assim encontrar alguém disposto a cuidar do cão todo esse tempo, administrar remédios, horários certos da comida etc. Fora que você também não se sentirá 100% confortável em fazer isso. Você pode contar com um parente, sua mãe ou seu pai, mas lembre-se, um cão dura pelo menos 10 anos, não se pode prever o futuro. Leve em conta que você não tem com quem deixar e terá que gastar esse dinheiro pra deixar em hotel ou não irá viajar.
 
Também tem a possibilidade de levar o cachorro com você na viagem. Mas lembre-se: companhias aéreas só aceitam cães na cabine com você se o cachorro + kennel não passarem de 10kg. Há grandes chances dele precisar ir junto com as bagagens. Você tem coragem? E caso o cachorro dos seus sonhos seja braquicefálico (bulldog inglês, bulldog francês, pug etc), esqueça avião: as companhias aéreas não permitem levá-los com as bagagens. Nenhuma.
 
Se considerar fazer uma viagem mais pra perto e levar o cão com você de carro, fica mais fácil. Aí você terá que encontrar um hotel que aceite cães. A maioria aceita apenas 1 cão por quarto, sempre de pequeno porte.
 
 
2. Se você trabalha o dia todo fora, considere não ter um cachorro
 

razoes pra nao ter um cachorro

Cléo e Pandora: uma faz companhia pra outra

Recebemos inúmeros e-mails diários de pessoas perguntando qual a raça ideal, já que trabalham o dia todo fora e ficam 10/12h por dia fora de casa. A resposta: NENHUMA. Cães são animais sociáveis, animais que sempre viveram em grupos. Não foram feitos pra ficarem sozinhos. Embora algumas raças sejam menos dependentes e aceitem melhor a solidão, ficar longos períodos sozinhas todos os dias levam até mesmo essas raças à depressão, frustração, tédio e destruição da sua casa. Um dos problemas comuns de cães que passam muito tempo sozinhos é a dermatite por lambedura. O cachorro fica entediado sem ter nada pra fazer e começa a lamber as próprias patas até ficarem em carne viva. Uma verdadeira auto-mutilação. Se é pra tratar o cachorro dessa forma, por que ter um cão então? Veja aqui dicas pra deixar o cachorro sozinho em casa.
 
Temos duas soluções para quem quer ter um cachorro e trabalha fora o dia todo:
 
a) coloque o cão em uma creche para cães 3 vezes por semana, por exemplo, segunda, quarta e sexta. Nas terças e quintas ele estará exausto da creche do dia anterior e passará o dia descansando. Nos dias de creche, ele vai ficar brincando e socializando o dia inteiro com outros cães, correndo na grama, pulando, se divertindo, coisas que todo cachorro deve fazer.
b) outra solução seria ter dois cães em vez de um. Um faz companhia pro outro, eles passam o dia brincando, se divertindo e até dormindo juntos. Ter dois cães é sempre melhor do que um e foi por isso que a Cléo veio pras nossas vidas, para que a Pandora fosse mais feliz.
 
 
3. Gastos
 
Você vai gastar muito dinheiro. Pra começar, a ração, que é ideal que seja super premium, que são rações de melhor qualidade e tem os nutrientes fundamentais pro bom desenvolvimento e pra saúde do cachorro. Então tem o tapetinho higiênico, vamos supor que você use 1 por dia, isso dá 1 pacote por mês. Cães ficam doentes, então considere remédios, exames, veterinário. Considere também banho e tosa caso ele tenha pelo longo. Vou compartilhar com vocês um mês em que a Pandora teve pedra na bexiga (começou a fazer xixi com sangue):
 
– Veterinário (consulta) – R$150
– Exames pra descobrir a causa do xixi com sangue – R$300 (urina com urocultura, sangue, ultrassom)
– Ração de tratamento pra eliminação das pedras – R$120 (apenas 3kg de ração, que durou 1 mês)
– Tapetinho higiênico – R$100 (gasto 2 por dia porque são duas cachorras)
– Pipeta anti-pulgas e anti-carrapato – R$100
– Remédio pra articulações – R$80 (Pandora toma esse remédio pois buldogues tem muito problema de coluna e as vértebras dela são comprimidas)
– Remédios pra pedra – R$200
– Refação de todos os exames pra saber se tinha sido curada – R$300
Total: R$1.350
 
Foi um mês atípico, normalmente é gasto metade disso. Mas, ela teve um problema de saúde. Cães são seres vivos e estão sujeitos a terem centenas de problemas de saúde. Esteja preparado pra esse tipo de situação.
 
Considere já de início gastos com vacinação até os 4 meses, consultas no veterinário pra checkup e a castração, que varia de R$400 a R$900 reais. É muito importante castrar o seu cachorro, veja nesse artigo os motivos.
 
 
4. Tempo pra passear e brincar
 
Ter um cachorro não é só colocar dentro de casa, sair pra trabalhar e na volta receber um bichinho feliz de rabo abanando fazendo festa. É muito mais que isso. Todos os cães precisam passear todos os dias. Isso é muito importante pra saúde mental e física do cachorro. Se você não tem pelo menos meia hora do seu dia pra passear com o cachorro, melhor não ter um. O tempo do passeio varia de raça pra raça, há raças mais ativas que precisam de mais tempo de passeio (Pit Bull, Labrador, Golden Retriever), e raças menos ativas que precisam de menos tempo (Pug, Bulldog Inglês, Lhasa).
 
 
5. Preocupação
 
Cachorro é igual filho, estamos sempre preocupados. Quando saímos de casa, pensamos em como eles estão. Quando deixamos em hotelzinho, ficamos preocupados pra saber se eles estão bem. O tempo todo pensamos em como eles estão, se estão tratando bem deles, se estão saudáveis. Observo muito a Pandora e a Cléo para sempre estar atenta a alguma mudança na rotina delas. É importante que você conheça o seu cachorro na palma da sua mão, porque aí quando ele deixar de comer, beber água ou estiver mais pra baixo, você vai notar e pode identificar uma doença do início, que é muito mais fácil de tratar.
 
 
6. Paciência
 
Seu novo cachorro vai fazer muita besteira. Ele vai fazer xixi no seu tapete, na sua cama, no seu sofá. Vai fazer cocô em qualquer lugar. Vai roubar seu sapato e suas meias. Vai latir pra chamar atenção. Vai te acordar. Vai correr pela casa às 2 horas da manhã. Pra ser um bom líder é preciso ter equilíbrio emocional e paciência. E ter um cachorro nos ensina isso. Não adianta se estressar e gritar com o cão, um bom líder de matilha mostra pro cão o que é certo, recompensa as boas atitudes e sempre tem uma posição calma e assertiva, sem gritaria e sem estresse. Você tá preparado?
 
 
7. Quem vai cuidar dele TODOS os dias?
 
Vamos supor que seu cão viva 10 anos. Estamos falando de mais de 3.600 dias limpando cocô e xixi, trocando tapetinho higiênico, fornecendo comida, levando pra passear, brincando com ele, lavando o local onde ele faz xixi e cocô… Jamais adquira um cão pensando que “alguém” vai fazer essas coisas. Se VOCÊ está adquirindo um cão, você tem que contar apenas com você mesmo. Se alguém ajudar, ótimo, mas considere que tudo será feito por você.
 
 
8. Você vai acordar cedo todos os dias
 
Cães são animais diurnos. São animais que dormem cedo e acordam cedo. Há cães que acordam 6 horas da manhã e começam a correr, latir. É inevitável que os donos acordem também. Mesmo que o cachorro não acorde às 6:00, normalmente você não poderá passar das 9:00. Seu cachorro estará com fome, com sede (água sempre fresca), o tapetinho estará sujo e precisará ser trocado, ele precisa passear. Enfim. Você vai ter que acordar cedo pra cuidar do seu cachorro, mesmo que ele não acorde você.
 
 
9. Socialização é fundamental
 
Como já dissemos, ter um cão não é pegá-lo e colocar dentro de casa. Você vai precisar fazer ele interagir com outros cães e pessoas, e isso desde muito novo, assim que acabarem as vacinas. Se você não tem um parque ou praça perto de casa, tire o sábado e/ou domingo para levá-lo a um cachorródromo na sua cidade. Preferimos locais cercados pra não termos a preocupação do cachorro fugir e se perder. Então descubra um local cercado na sua região, leve seu cão e solte-o pra brincar e se divertir com outros cães e pessoas. Assim você fará com que ele seja sociável, não estranhe pessoas e cães na rua, não fique latindo desesperado cada vez que vê um cachorro do outro lado da rua.
 
 
10. Seu cachorro vai ficar doente
 
Como falamos anteriormente, cachorros são seres vivos e seres vivos adoecem. Cada raça costuma estar propensa a certas doenças e há doenças comuns a todos, como doença do carrapato, cinomose, parvovirose e tantas outras. Pode ser uma gripe, que seu cão precisará tomar remédios (mas antes você vai precisar levar no veterinário) ou pode ser uma doença como a cinomose e ele vai precisar ser internado (a diária de internação é muito cara).
 
Vamos supor que seu cão precise tomar um remédio de 6 em 6 horas pra conter uma infecção. Mas você trabalha do outro lado da cidade e fica 12 horas por dia fora. Quem vai dar o remédio pra ele?
 
Você está preparado psicologicamente e financeiramente? Você tem tempo de cuidar do seu cachorro caso ele fique doente?
 
 
11. Cachorro que não solta pelo
 
Não existe. As pessoas nos mandam e-mails sempre, perguntando uma raça que não solte pelos (não lata, não suje, brinque, seja carinhoso e não de trabalho – melhor um de pelúcia). Os cães de pelo longo soltam menos pelo do que os cães de pelo curto. Então se você não quer pelos no sofá, no chão, na cama e nas suas roupas, escolha um cão de pelo longo como Maltês, Yorkshire, Lhasa Apso. Pugs e Bulldogs Francês por exemplo soltam MUITO pelo. Mas o que são pelos perto do amor que um cachorro te dá? :)
 
 
12. Cheiro de cachorro
 
Essa é uma das coisas que ainda não conseguimos compreender. Recebemos e-mails de pessoas que querem ter um cachorro que não tenha cheiro de cachorro. Ou então que querem algum produto, método ou solução pra tirar o cheiro do cachorro. Ora, você não quer um cachorro? Ele vai ter cheiro de cachorro. E ele precisa disso pro seu auto-reconhecimento. Já reparou que os cães se esfregam no chão depois do banho. Porque eles DETESTAM o cheiro de sabonete que fica após o banho, eles querem remover isso e voltarem pro seu cheiro original. Passar perfume no cachorro é algo sem sentido e os cachorros não gostam. Sabe o que não tem cheiro de cachorro? Gatos. ;)
 
 
13. Você provavelmente terá suas coisas e seus móveis destruídos
 
razoes pra nao ter um cachorroSe você não for muito experiente em psicologia canina e não souber exatamente como ser o líder do seu cão, se prepare para algumas coisas ruídas e alguns móveis destruídos. Algumas raças são mais “destruidoras” que outras, mas todo filhote rouba coisas que não deve. Isso porque um filhote não tem a mínima ideia da diferença entre uma bolinha que é pra ele e um tênis que é seu. Pra ele são objetos que estão no chão ao seu alcance. Ensine seu cão desde filhote, para que ele aprenda o que deve e o que não deve mexer.
 
 
14. Sua casa vai ter bagunça
 
Cachorro é parecido com criança nesse aspecto. Espalha tudo pela casa e não guarda depois. Acostume-se a ter brinquedos de cachorro espalhados pela sua casa. Eu não ligo :)
 
 
15. Não dê cachorro de presente pra uma criança se você não quiser um
 
Essa foi uma conversa que tivemos com uma pessoa que estava querendo se desfazer de um buldogue francês de 6 meses:
 
– Quero doar meu cachorro
– Mas por quê?
– Meu filho pediu muito, prometeu que ia cuidar, mas acabou que sobrou tudo pra mim e eu não tenho tempo.
– Quantos anos tem seu filho?
– 4!
 
Ora essa. Uma criança falará qualquer coisa pra ganhar um cachorro. Ela vai dizer que vai cuidar, limpar, dar banho, tirar o cocô. Mas na prática, ela não vai cuidar. E sobra pros pais, os verdadeiros donos do cachorro.
 
Ter um cachorro é uma das melhores bênçãos que uma criança pode receber. Crescer com cães torna a criança um ser humano melhor, mais paciente, com senso de responsabilidade, com auto-estima alta. Mas só adquira um cachorro pro seu filho se esse também for o SEU desejo. Porque é você quem vai cuidar do cão.
 
 
16. Cachorro não é presente
 
razoes pra nao ter um cachorroÉ comum filhos que já saíram de casa presentar os pais com um cachorro, até pra suprir a sua ausência. Ou então namorados dão cachorro um pro outro. Já vimos até como presente de casamento!
 
Bem, como vocês estão percebendo nesse artigo, ter um cachorro envolve MUITAS coisas. A pessoa começa a abrir mão de várias coisas pra poder dar uma vida digna pro cão. Receber um cão de presente pode ser uma situação complicada, porque quem está recebendo esse presente não pesquisou a raça, não pesquisou prós e contras de ter um cachorro, enfim, não se preparou. Como falamos lá no início do artigo, ter um cão é uma ideia que precisa ser amadurecida muito bem antes.
 
 
17. Frustrações
 
As frustrações muitas vezes estão envolvidas no processo de ter um cão. Você está psicologicamente preparado? Seu cachorro vai desobedecer. Você vai achar que ensinou tudo, aí quando ele entrar na adolescência ele vai ficar rebelde. Seu cachorro pode rosnar pra algum conhecido seu. Pode avançar em uma criança na rua. Pode fazer cocô em cima da sua cama. Pode destruir todo o seu sofá. Pode aparecer com uma doença incurável. Pode ficar internado. Enfim. É uma caixinha de surpresas. É bom estar preparado.
 
 
18. Deixar de fazer coisas
 
Você terá que abrir mão de várias coisas, e uma delas é sair de casa. Pense como se fosse um filho. Se seu cachorro precisar tomar remédio, você vai ter que estar em casa pra administrar. Se você ficar muito tempo fora de casa e quiser emendar outro programa, vai ter que pensar duas vezes, porque seu cachorro está com fome em casa e o tapetinho dele está todo sujo. No sábado, quando todo mundo te chamar pro sítio no fim de semana, você não vai poder ir, porque o dono do sítio não aceita cães e você não tem com quem deixar seu cachorro por 2 dias.
 
 
19. Relacionamentos
 
Sabemos que é difícil de acreditar, mas nesse mundo tem MUITA gente que não gosta de cachorro. Vamos supor que você seja solteiro e conhece a mulher da sua vida na padaria. Quando ela descobre que você tem cachorro, ela se afasta. Ou porque ela é alérgica, ou porque ela não gosta mesmo de cães. Sinceramente, se essa pessoa não gosta de cachorros, provavelmente ela não é a pessoa da sua vida. ;)
 
 
20. Dependência emocional
 
Os cães são afetuosos, carinhosos e gostam da nossa companhia. Tenha em mente que você terá um ser vivo que depende de você não só pra sobreviver, mas emocionalmente também. Ele quer seu carinho, sua companhia, sua atenção. Mas acho que pra isso você já está preparado, certo?
 
 
Bem, se após todos esses motivos você ainda estiver pensando que você quer realmente ter um cachorro, parabéns! Você está tomando uma decisão consciente pra sua vida e pra vida do seu futuro cão, que com certeza será um cão muito feliz, com um dono tão bem informado.
 
Vamos te ajudar a escolher a raça ideal pra você!
 
Cães de pequeno porte
Cães de porte médio
Cães de grande porte
 
E é lógico que somos a favor das pessoas terem cães. Só é importante a aquisição consciente, ter certeza desse grande passo que pretende dar na sua vida e estar preparado pra fazer o seu cão o mais feliz do mundo!
 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.