Porque devo passear com meu cão - A importância do passeio com o cachorro

Porque devo passear com meu cão?

Escrito por: Bruno Leite Atualizado em 03/02/2015

Moro em uma casa com o jardim bem grande. Preciso passear com meu cachorro?“. SIM. Passear é preciso e fundamental para a saúde física e psicológica do seu cachorro. O Terapeuta de Cães Bruno Leite explica:
 
Boa parte das pessoas reclamam que seus cães são hiperativos, destrutivos, ansiosos, latem demais ou têm comportamento compulsivo. Se você, como eles, não sabe o que fazer, esteja certo que a solução pode ser muito mais simples do que se imagina.
 
Como disse em meu texto sobre psicologia canina, em meus estudos e no trato com cães problemáticos, eu mapeei três grandes causadores de mau comportamento em cães saudáveis: MEDO, FRUSTRAÇÃO e CONFLITO. Nos casos acima, quase sempre o componente mais forte é a FRUSTRAÇÃO, resultante do acúmulo de energia.
 
dog walkerA rotina de uma matilha de cães em seu habitat natural é: acordar ao nascer do sol, migrar atrás de comida e água, voltar ao pôr do sol, comer, brincar e dormir. Na natureza, cães caminham de 8h a 12h por dia, seguindo o seu líder.
 
Muitos imaginam que, por possuírem grandes quintais, faz-se desnecessário caminhar com o seu cão. Isto é um grave erro. Casas, sítios e até fazendas, possuem uma delimitação física. O cão não exercita a exploração além de seu território e, sem uma motivação externa, como caça, água ou ampliação dos seus domínios, não se exercita sozinho da maneira correta. Para ele, um quintal enorme é apenas um grande canil.
 
Outro equivoco é acreditar que brincadeiras exaustivas levarão o cão a um estado de relaxamento. Com uma energia agitada, ao invés da energia calma de um bom passeio, certamente o cão ficará cansado, porém eufórico. Você deve brincar diariamente com seu cão, mas não para substituir o passeio.
 
Agora que ficou claro a importância do passeio diário para o equilíbrio psicológico do seu cão, é necessário dizer que existem dois tipos de passeio: o passeio ruim, que gera tensão e dominância e o passeio bom, que proporciona relaxamento e submissão. Este segundo fará de seu cão um seguidor equilibrado, e de você, um líder de matilha.
 
Se o seu cão lhe puxa pela rua, pára quando bem entende para cheirar e marcar território, late e avança em cães e/ou pessoas, ou apresenta apenas um desses sintomas, isso é um mau passeio. Lembre-se: cão cansado NÃO é cão relaxado!
 
Para um bom passeio, é necessário que ele ande ao seu lado ou atrás de você, sem puxar a guia e mantendo-se focado em segui-lo durante o percurso.
 

Dicas para um bom passeio

 
a) Normalmente o cão se agita ao ver a coleira. Não saia de casa enquanto ele não se acalmar, no começo pode demorar, mas aos poucos ele perceberá que só sairá se estiver relaxado. Cães que saem tensos levam essa tensão para a rua.
 
b) Jamais permita que seu cão saia de casa na sua frente, pois, nesse caso, é ele quem conduzirá o passeio. O mesmo vale para o retorno: quem entra na frente é o líder da casa.
 
c) Procure não utilizar coleiras peitorais, elas dão total controle do passeio ao cão. Use coleiras de pescoço, pois facilita ao dono guiá-lo.
 
d) Sempre que o seu cão passar a sua frente, mude para a direção oposta. Isso mostrará a ele que a única maneira de passear é o seu dono, o que fará de você o líder no passeio. Veja aqui como fazer pro seu cachorro não puxar a guia.
 
No mais, relaxe e aproveite o passeio, não se esquecendo dos 3 “Ps” do Terapeuta de Cães para se atingir a liderança da matilha: Paciência, Persistência e Postura.
 

passear com o cachorro

Leve sempre seu cachorro pra passear.


 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.