Linfoma em cães | Tudo Sobre Cachorros

Linfoma em cães

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 28/03/2014

Linfoma em cães é um câncer comum nos linfócitos. Entre 15% e 20% dos tumores malignos em cães são linfomas. Os linfomas podem ocorrer nos gânglios linfáticos, baço, fígado e outros órgãos. O câncer pode ser agressivo e se não tratado, pode levar a uma alta mortalidade. O tratamento com quimioterapia tem sido muito bem sucedido, prolongando a vida do cachorro em meses e às vezes até mesmo em anos.
 
 

Quais cães correm mais risco de desenvolver linfoma?

 
Linfoma afeta principalmente cães de meia-idade e mais velhos. Independente do sexo do cachorro a pré-disposição é a mesma. Golden retrievers, Boxers, Bullmastiffs, Bassets, São Bernardos, Terrier Escocês, Airedales e Buldogues parecem estar entre os cachorros que apresentam maior risco de desenvolver linfomas. Apenas 10% a 20 % dos cães estão clinicamente doentes quando diagnosticados, a maioria é levada ao veterinário por causa de inchaços ou protuberâncias recentemente identificados.
 
 

Por que os cães desenvolvem o linfoma?

 
linfoma cãoEmbora entendamos como se forma os linfomas, nós ainda não entendemos o porquê. Em gatos.com.br” title=”Tudo Sobre Gatos” target=”_blank”>gatos, parece haver uma ligação forte entre algumas formas de linfoma e de infecção com o vírus da gatos.com.br/felv-diagnostico-e-transmissao/” title=”FELV” target=”_blank”>leucemia felina, no entanto, em cães não há nenhuma ligação aparente. Ao mesmo tempo alguns autores têm sugerido uma possível correlação genética, mas mais estudos precisam ser realizados para determinar os fatores de risco exatos envolvidos no linfoma canino. Cães que têm um sistema imunológico mais frágil parecem correr mais risco.
 
 

Quais são os sintomas do linfoma?

 
Os sintomas do linfoma em cães estão relacionados com a localização do(s) tumor(es). Os tumores que se desenvolvem nos linfócitos e frequentemente formam inchaços, sem outros sintomas. Quando o linfoma ocorre no intestino os sintomas mais comuns são vômitos, diarreia, perda de peso e falta de apetite. O cão muitas vezes fica com falta de ar e percebe-se sons cardíacos abafados. Na pele pode se manifestar de várias formas diferentes, incluindo nódulos simples ou múltiplos na pele ou na boca. Estas regiões podem coçar ou ficar vermelhas e até formar úlceras. Linfoma também pode ocorrer no coração, olhos e no sistema nervoso central.
 
 

Como é feito o diagnóstico do linfoma?

 
Linfoma em cães é diagnosticado com uma combinação de testes diagnósticos. Os exames de sangue, amostragem por meio de coleta com agulha fina no local do tumor, biópsias, radiografias e ultrassom são utilizados para confirmar o diagnóstico e localização do linfoma. Os testes exatos a serem realizados dependerão da localização do tumor. Um hemograma completo, perfil bioquímico, análise de urina também são recomendados. Linfoma geralmente não causa dor se não houver comprometimento ósseo. Em 15% dos cães com linfoma, o nível de cálcio no sangue vai ser elevado.
 
A Organização Mundial da Saúde desenvolveu um sistema de classificação por estágios do linfoma em cães. O estágio é usado para determinar qual o tratamento e prognóstico. As fases da doença são as seguintes:
 
Fase I: aparecimento de um nódulo linfático único
Fase II: aparecimento de vários nódulos linfáticos em uma única região
Fase III: aparecimento de vários nódulos linfáticos em várias regiões
Fase IV: aparecimento de nódulos no Fígado e / ou baço ( pode ou não pode ter envolvimento de gânglios linfáticos )
Fase V: aparecimento na medula óssea ou no sangue e / ou outros órgãos além do fígado, baço e gânglios linfáticos.
 
Cães são ainda classificados como “pré-estágio A” se eles não mostram sinais de doença e “pré-estágio B” se os sinais já estão visíveis.
 
 

Qual é o tratamento para o linfoma em cães?

 
O tratamento para o linfoma no cão consiste em quimioterapia. O linfoma é considerada uma doença sistêmica, o que torna a cirurgia e radiação impraticável e ineficaz. Existe uma vasta variedade de protocolos de quimioterapia e drogas que estão atualmente a ser utilizados para tratar o linfoma. O tratamento normalmente consiste de uma combinação de drogas orais e injetáveis dadas numa base semanal. Algumas drogas utilizadas incluem ciclofosfamida, vincristina, doxorrubicina e prednisona. O protocolo de tratamento exato irá variar dependendo do veterinário. Enquanto a maioria dos veterinários podem administrar os protocolos de tratamento, os proprietários de um cão com linfoma pode inicialmente querer procurar uma consulta com um oncologista veterinário para se informar de quaisquer novas recomendações de tratamento.
 
 

Quais são as perspectivas de longo prazo para um cão com linfoma (prognóstico)?

 
Alguns proprietários optam por não tratar cães que desenvolvem linfoma. A expectativa de vida destes cães não tratados com linfoma generalizado (fases III, IV ou V) é em média de 4 a 6 semanas. Terapia com prednisona oral pode reduzir o inchaço e o desconforto, mas provavelmente não vai aumentar consideravelmente sua vida útil. Deve também notar-se que o tratamento com prednisona oral, antes da quimioterapia não é recomendado e pode reduzir a eficácia da quimioterapia.
 
Nos cães que se submetem a um dos tipos de quimioterapia recomendados a expectativa de vida pode se estender para um ano e às vezes mais. No entanto, até mesmo os cães que recebem quimioterapia adequada geralmente não vivem mais do que um ano. Se um cão tolera quimioterapia (a maioria dos cães a toleram) sua qualidade de vida pode ser muito boa durante o período de tratamento. Tratamento de linfoma em cães é considerado um dos tratamentos de câncer mais bem-sucedidos e muitas vezes pode ser realizada em um veterinário local, sem a necessidade de percorrer longas distâncias para faculdades veterinárias ou clínicas especializadas. Uma vez que um ano pode ser quase 10% de expectativa de vida de um cão, a taxa de remissão e aumento da expectativa de vida com o tratamento de linfoma muitas vezes vale a pena.
 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.