Pneumonia em cães | Tudo Sobre Cachorros

Pneumonia em cães

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 11/02/2015

A infecção ou irritação dos pulmões que provoca a inflamação é conhecida como pneumonite. Se um fluido se acumula dentro do tecido pulmonar, daí é chamado pneumonia. A pneumonia pode ocorrer como resultado de uma infecção, da aspiração de líquido para dentro do pulmão, devido ao fumo, ou ainda pode ser devido à uma causa secundária de falha do sistema, especialmente do coração. As infecções dos pulmões podem ser causadas por bactérias, vírus, fungos ou protozoários. Todas podem ser doenças sérias.
 
Assim como os humanos, os cães também ficam gripados e isso pode favorecer o aparecimento da pneumonia, pois abaixa o sistema imunológico. Por isso é importante estar sempre atento à saúde do seu cachorro, quanto mais rápido se inicia o tratamento, mais chance de sucesso. A pneumonia pode matar.
 
Uma dieta pobre em nutrientes pode provocar desnutrição e anemia, fazendo com que diminua sua imunidade e aumentando os riscos de desenvolver uma pneumonia.
 
Os cães idosos e de pequeno porte são mais propensos à doença. Algumas raças tem predisposição genética para contrair pneumonia: Pequinês, Poodle Toy, Yorkshire, Chihuahua e Lulu da Pomerânia.
 
 

Sintomas da pneumonia em cães

 
Pneumonia cachorroO sintoma mais freqüente e visível da infecção pulmonar é a dispnéia ou dificuldade para respirar, especialmente ao inalar. A respiração fica rápida e superficial. O cão por vezes tem dificuldade de obter oxigênio suficiente devido ao fato de o tecido pulmonar ficar cheio de fluido, o que reduz o espaço de ar nos alvéolos. A língua, gengivas e lábios podem ficar de cor azulada ou cinza. Esta aparência azul ou cinza é chamada de Cianose é um indicativo de falta de oxigênio no sangue. A temperatura corporal fica normalmente elevada, por vezes mais do que 40º Celsius. Se o congestionamento pulmonar é causado por falha cardíaca, a temperatura pode permanecer dentro dos limites normais que varia entre 38.3 e 38.8 ° Celsius.
 
 

Riscos da pneumonia em cães

 
As infecções pulmonares são sempre graves, no entanto, com o diagnóstico e tratamento precoces, a maioria dos cães são tratados com sucesso. Na nossa opinião, as doenças causadas por fungos, tais como blastomicose, tendem a ser as mais graves. A detecção precoce e o diagnóstico precisos são muito importantes. Deve-se contar com um veterinário para determinar se a causa da condição do pulmonar é relacionadas com o coração ou simplesmente uma infecção primária dos pulmões.
 
 

Tratamento da pneumonia em cães

 
Se você suspeita que seja uma doença pulmonar, o veterinário deve ser contatado imediatamente. Normalmente, uma grande variedade de técnicas de diagnóstico são utilizadas, tais como radiografias ou o ultra-som. Se há a suspeita de fluido, uma amostra deste pode ser removida do peito e analisada. Isso ajuda a diferenciar doenças daquelas causadas por fungos. Se há a suspeita de bactérias presentes, um teste de cultura e sensibilidade pode ser feito para identificar o tipo de bactéria, e assim, escolher o antibiótico apropriado. Diuréticos são geralmente administrados para ajudar a limpar o excesso de fluido dos pulmões.
 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.