Quiropraxia para cães | Tudo Sobre Cachorros

Quiropraxia

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 29/08/2016

Aqui já falamos sobre acupuntura, fisioterapia e células-tronco. Você sabia que a Mocinha também faz quiropraxia? No texto abaixo, a Dra, Camila Morandini nos explica sobre essa técnica.
 
 

Quiropraxia para Cães, Gatos e outros Animais de Estimação

 
O que é cuidado quiroprático?
 
A palavra Quiropraxia deriva do grego e significa “executar com as mãos”. Essa técnica foi desenvolvida no século 19 como um método de manutenção da saúde e tratamento para disfunções neurológicas e músculo-esqueléticas e seus efeitos no organismo.
 
A Quiropraxia concentra-se nos movimentos anormais da coluna vertebral e nos efeitos que este desajuste causa no sistema nervoso e em todo o corpo. A quiropraxia tem como finalidade maximizar a mobilidade e aperfeiçoar a função do sistema nervoso para permitir troca de informação irrestrita entre o cérebro e o corpo.
 

quiropraxia cães

Demonstração do esqueleto para aula pratica e estudo da biomecânica.

Qualquer restrição de movimento entre duas vértebras pode adversamente afetar os nervos que existem na coluna vertebral, irritando-os
 
Antes do tratamento quiroprático, toda a coluna vertebral e os membros do animal são examinados para identificação de restrição de movimento em cada articulação. Detectada a restrição, a articulação afetada será tratada com a quiropraxia.
 
O tratamento quiroprático não substitui o tratamento médico veterinário convencional, porém aumenta a eficácia da terapia médica tradicional para disfunções da coluna vertebral e órgãos internos. É também um tratamento efetivo para dores agudas e crônicas causadas por problemas biomecânicos.
 
 
O que é um Complexo de Subluxação Vertebral (CSV)?
 
A quiropraxia define um CSV como movimento limitado de vértebras adjacentes e, ocasionalmente, o desalinhamento funcional dessas articulações.
 
Se a restrição está presente, a coluna vertebral perde sua mobilidade normal. Isso pode causar rigidez, tensão muscular, dor e a diminuição do desempenho. Restrição do movimento entre duas vértebras também pode afetar os nervos da coluna vertebral. Esses nervos saem da medula espinhal entre as vértebras e devem fornecer uma circulação de informação irrestrita entre o cérebro, músculos, pele e todos os outros órgãos.
 
 
Um fluxo não contínuo de informações causa uma diminuição da coordenação e/ou disfunções nos órgãos (como problemas cardíacos ou no sistema digestivo).
 
Algumas subluxações causam somente uma leve perda da movimentação. O animal movimenta-se menos, torna-se menos ativo ou brincalhão. O aumento de sensibilidade ao toque em certas regiões do corpo também pode ser sinal de disfunção nervosa.
 
Um animal com subluxação irá mudar a postura para compensar a restrição do movimento da coluna para evitar a dor. Isto provoca um aumento na tensão mecânica nas outras partes da coluna e articulações das extremidades, causando restrições secundárias do movimento e deterioração da condição física do animal.
 
 
Possíveis sinais e sintomas de CSV
 
Em pequenos animais há vários sintomas de subluxações. Os mais comuns incluem dor, distúrbios e anormalidades em movimento ou postura.
 
– Dor aguda no pescoço e costas;
– Desempenho limitado;
– Relutância em se mover, subir escadas ou pular de superfícies elevadas;
– Sinais de dor quando faz certos movimentos ou quando levantado;
– Hipersensibilidade ao toque;
– Granuloma de lambedura nos membros;
– Infecções periódicas nas orelhas ou glândulas anais;
– Posição de sentar alterada, como sentam os filhotes (chamada de “puppy sitting”);
– O animal só se deita de um lado;
– Problemas digestivos periódicos;
– Gotejamento de urina ou a incapacidade de prender as fezes.
– Claudicação inespecífica, movimentando-se lentamente, desgaste desuniforme das unhas;
 
 
Alguns usos do tratamento quiroprático
 
– Trauma na coluna vertebral: o tratamento deve ser feito seguindo resultados de prévio exame clinico e diagnostico por imagem.
– Espondilose (ossificação da coluna vertebral): em muitos casos a movimentação de áreas saudáveis com sintomas de restrição de movimento da coluna pode levar a um alívio dos sintomas e da dor.
– Síndrome da Cauda Eqüina: afecções neurológicas freqüentemente encontradas no cão. A compressão, destruição ou deslocamento das raízes espinhais que ocupam o canal vertebral caudal ao fim da medula espinhal levam a sintomas neurológicos.
– Síndromes das Vértebras Cervicais (Síndrome de Wobbler, instabilidade vertebral cervical, espondilomielopatia cervical caudal, má-formação cervical, espondiloliestese cervical).
– Discopatias: seguindo primariamente diagnosticos por imagem.
– Granuloma de lambedura.
– As alterações irreversíveis (como displasia coxofemoral, espondilose, artrose, etc.) podem causar subluxações na coluna como resultado de compensação.
– Artrose: freqüentemente causa CSV na coluna vertebral.
– Neuralgia do nervo isquiático.
– Inflamação/infecção periódica das glândulas anais.
– Inflamação/infecção periódica das orelhas.
– Incontinência: esta pode ser exacerbada pela subluxação em uma vértebra lombar.
– Hiper e hipossensibilidade.
– Claudicação inespecífica: esta pode ser causada por um CSV nas articulações dos membros ou na coluna vertebral.
Cães esportivos: a remoção de qualquer restrição do movimento, mesmo que mínima, ajuda no aumento do desempenho.
– Pacientes idosos.
– Tratamento preventivo para manutenção da aptidão física.
termografia quiropraxia cachorro

Cachorrinha com muita dor na coluna e com este exame deu para ver as areas vermelhas indicando que alguma coisa nao estava bem no corpo. Depois da quiropraxia toda a temperatura do corpo estabilizou e a cachorrinha parou de sentir dor e voltou a correr logo após a sessão.


 
 
Tratamento Quiroprático
 
Se um CSV está presente, o desalinhamento funcional será ajustado, restaurando o movimento da articulação.
 
As articulações vertebrais são ajustadas com as mãos ou dedos do quiroprático, fazendo uma pressão extremamente rápida e precisa ao longo do plano da articulação da vértebra afetada.
 
Cuidado quiroprático é um tratamento muito delicado e específico. O propósito é corrigir os CSVs na coluna e articulações atingindo de maneira positiva o sistema nervoso. Ao contrário de alguns outros métodos de manipulação não específicos, o tratamento quiroprático não causa um stress excessivo em ligamentos, trabalhando com o limite anatômico normal da articulação e estruturas de suporte.
 
A maioria dos animais mostra uma visível melhora após uma a quatro sessões. Problemas agudos freqüentemente respondem rapidamente à terapia, ao passo que problemas crônicos normalmente requerem tratamentos mais longos.
 
Pacientes com condições crônicas (como artrose, displasia coxofemoral ou espondilite), em que a restrição do movimento da articulação aparece como resultado da doença, respondem muito bem a um tratamento regular de suporte.
mocinha fazendo quiropraxia

Mocinha e Dr. Camila


 
 
Dra. Camila Morandini
IAVC – International Academy of Veterinary Chiropractic, Options for Animals
IVCA – Internacional Veterinary Chiropractic Association
(11)97044 5678 (11)7758 5734
[email protected]
www.quirovet.com.br

 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.