Dicas: antes de adquirir um cachorro | Tudo Sobre Cachorros

Dicas: antes de adquirir um cachorro

Escrito por: Tiago Salgado Atualizado em 25/02/2015

Amigos, tenho percebido que muitos problemas na relação entre os cães e seus donos estão relacionados principalmente a escolha errada filhote. Vejo que a maioria das pessoas não realiza uma pesquisa e acabam escolhendo uma determinada raça por sua beleza ou apenas por se identificar com ela. O que essas pessoas esquecem, é que esse filhote vai crescer e acabar trazendo conflitos para ambos.
 
Devido a esse problema, resolvi escrever essas sugestões para ajudar quem pretende comprar um cão em um canil, de forma a seguir os padrões reconhecidos pela CBKC. Ah! Não posso deixar de lembrar que a adoção também pode ser uma boa opção para a família, só dependendo do objetivo do dono.
 
Veja aqui as vantagens de adotar um vira-lata.
 
 

O que você deve analisar antes de escolher um cachorro

 
antes de comprar um cachorro• Tamanho que o animal vai ficar quando adulto
Muitas pessoas esquecem que ao adquirir seu cãozinho ele vai crescer e dependendo da raça ele vai crescer muito rápido e, se sua família não estiver preparada, pode ser um grande problema, trazendo consequências para ambos.
 
 
• Tamanho da área que ele vai ficar
Cães grandes não devem ficar confinados em espaços pequenos, isso irá estressá-los. Com um excesso de energia acumulada, pode fazer com que eles muitas vezes destruam móveis, objetos entre outras coisas, causando grande transtorno dentro de casa.
 
 
• Respeite as características físicas de seu cão
Não queira que, por exemplo, seu Buldogue Francês te acompanhe em suas corridas matinais. Eles possuem focinho curto e dificuldades para esse tipo de exercício, uma vez que não conseguem resfriar o ar quando respiram.
 
focinho achatadoOutros exemplos de raças que possuem o mesmo problema são: Dogue de Bordeaux, Shih-Tzu, Lhasa Apso, Buldogue Inglês, entre outros. Cuidado! Exercícios em excesso, principalmente em um dia quente pode levar seu cão à morte.
 
 
• Respeite a função de seu cão
Podemos dizer que cada raça tem uma função diferente. Se quiser um cão para guarda, não tenha um Labrador, Golden Retriever ou um Border Collie, esses cães são extremamente inteligentes, porém não conseguirão desempenhar a função desejada.
 
 
• Cães não são presentes
A decisão de ter um cão exige que o assunto seja discutido com toda família, pois com a chegada de um novo membro, mesmo que com 4 patas, trará a todos novas responsabilidades.
 
 
• Ter um cão te trará novas despesas
Tenha em mente que quando se tem um cão, você terá despesas fixas com ele com, por exemplo: ração de qualidade, vacinação anual, vermifugação etc, além das despesas emergenciais, pois eles se machucam e ficam doentes.
 
 
• Necessidade de passeios
Todo cão, independente do tamanho, necessita de passeios regulares. Esses passeios são na verdade um ótimo exercício, pois com eles o cão ganha qualidade de vida e, além disso, se socializa outros com cães e pessoas, sendo fundamental para que se tenha um cão equilibrado e confiável. Cães que possuam muita energia, como o Staffordshire Bull Terrier, American Staffordshire Terrier, Pit Bull, Pastor Belga Malinois e Border Colie, devem sair de casa pelo menos duas vezes ao dia.
 
 
• Cães de guarda não são intolerantes
Ao se ter um cão de guarda (leia meu artigo sobre Cães de Guarda e conheça os melhores cães de guarda) e caso queira treiná-lo para essa função, procure um adestrador responsável e qualificado.
 
O adestramento para guarda mal feito é extremamente perigoso, tanto para o cão, quanto para seu dono.
 
Bons cães de guarda são equilibrados e confiantes e sua agressividade só é vista em uma situação real de perigo.
 
 
• O barato pode sair caro
Caso a decisão para ter seu cão seja através da compra, pesquisem bastante onde irão comprar. Desconfie de canis que vendem filhotes bem baratos, possivelmente esse canil está interessado somente em vender o filhote e não com o desenvolvimento da raça. Muitas vezes os filhotes são desmamados muito cedo, prejudicando sua saúde pelo resto da vida.
 
Canis sérios estão preocupados não só com a venda, mas também com o desenvolvimento da raça e saúde dos filhotes que colocam para venda. Neles existe grande investimento com matrizes saudáveis, veterinário, alimentação de qualidade, pesquisa genética entre outras coisas. Veja aqui 10 motivos pra você não comprar um cachorro em uma petshop ou em sites na internet (como Mercado Livre etc.).
 
 
• Adotar é tudo de bom
Se sua opção seja a adoção, ótimo. Ao fazer isso estará salvando uma vida e garanto a vocês que eles serão gratos a seus novos donos pelo resto da vida.
 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.