Coprofagia: meu cachorro come cocô!

Comer as fezes – Coprofagia

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 25/02/2015

Coprofagia vem do grego copro, que significa “fezes” e fagia, que significa “comer”. É um hábito dos cães que todos achamos nojento, mas como costumamos dizer, cães são cães. Alguns deles tem preferência por fezes de animais como herbívoros, como coelhos ou cavalos. Outros preferem invadir a caixinha de areia de gatos.
 
 

Por que cães comem cocô?

 
Muitas teorias já surgiram para tentar explicar este comportamento. Será que falta algo em sua dieta? Normalmente não.
 
cachorro comendo cocoCães com este comportamento normalmente não tem nenhuma deficiência em sua nutrição. Alguns problemas de saúde podem, entretanto, contribuir para a coprofagia, incluindo distúrbios severos no pâncreas (insuficiência pancreática) ou no intestino, anemias graves causadas pela infestação de parasitas, ou se o cão estiver passando fome. Estes casos são raros, mas levar seu cão a um veterinário para descartar esta hipótese pode ser uma boa ideia.
 
Alguns cães, especialmente os que estejam sendo mantidos em canis, podem comer fezes porque estão se sentindo ansiosos ou estressados. Um pesquisador sugeriu que cães que são punidos pelo dono por defecar em lugares errados começam a pensar que o ato de defecar é errado, e por isso tentam esconder a prova.
 
Outra teoria é que a coprofagia é algo passado de geração em geração. Os primos dos cães – lobos e coiotes – muitas vezes comem suas próprias fezes se estiver difícil de conseguir comida. Fezes de herbívoros (animais que comem plantas) são ricas em vitamina B e alguns pesquisadores acreditam que lobos (e alguns cães) podem comer fezes para ingerir este tipo de vitamina.
 
Em alguns casos a coprofagia pode ser um comportamento aprendido ao observar outros animais. Pode também se tornar um hábito durante brincadeiras, quando um filhote tenta experimentar qual é o gosto de tudo o que encontra.
 
Existe um período na vida de um cão no qual a coprofagia é comum e esperada. Você sabe dizer qual é? Cadelas geralmente comem as fezes de suas crias. Isto é provavelmente uma tentativa de esconder a sujeira de predadores.
 
Além de tudo, alguns cães podem comer fezes por que o sabor é bom (para eles).
 
Uma raça que tem muita tendência à comer cocô é o Shih Tzu. É comum os donos reclamarem desse problema aos seus veterinários.
 
 

Como impedir que o cachorro coma cocô

 
A melhor maneira de prevenir este problema é manter seu quintal ou canil livre das fezes. Limpe tudo assim que seu cão defecar. Uma boa tática é limpar o cocô do cachorro sem que ele veja. Ao ver você limpando, ele pode pensar que aquilo que “sai dele” deve ser limpo o quanto antes, e assim come as fezes. Procure limpar fora da visão do seu cachorro.
 
Alguns donos conseguem evitar o problema colocando algo nas fezes que as façam ter um sabor horrível, como pimenta em molho ou pó. Infelizmente, alguns cães podem começar a gostar disso. Existem ainda alguns produtos que podem ser colocados na comida do animal do qual o cão está comendo as fezes (o próprio cão ou um gato, por exemplo) que modificam o sabor das fezes para que tenham um gosto muito ruim. Estes métodos podem funcionar melhor se seu cão acabou de começar a comer fezes, mas uma vez que isto tiver virado um hábito, vai ser bastante difícil de quebrar. O veterinário também pode receitar um remédio manipulado em sachês para ser acrescentado à ração do cachorro por 1 mês, para quebrar o hábito de comer o cocô.
 
Quando levar seu cão para passear, mantenha-o sempre na coleira. Desta forma, você poderá ter o controle se cruzar com um apetitoso monte de fezes. Em alguns casos, pode ser necessário o uso de uma focinheira. O cão será capaz de cheirar, cutucar e fazer a maioria das coisas que ele normalmente faria, exceto comer. NUNCA DEIXE UM CÃO COM FOCINHEIRA SEM SUPERVISÃO.
 
Colocar brinquedos e outras distrações no ambiente pode ajudar. Precisamos achar algo que atraia mais a atenção do cão do que comer suas fezes. Um brinquedo lambuzado com algo gostoso pode parecer uma alternativa bem melhor para ele. Também faça com que ele se exercite bastante para que ele possa se sentir mais relaxado.
 
Em situações onde este comportamento parecer ser culpa do estresse, a causa deve ser eliminada ou reduzida. Em alguns casos de ansiedade, ou se o comportamento se tornar obsessivo-compulsivo, remédios podem ser necessários para quebrar o ciclo. Promova entretenimento e atividade adequados para seu cão, brinquedos, ossinhos e coisas pra ele se distrair. Passeie bastante, de preferência pela manhã e à noite.
 
Mudar a dieta para uma que use proteína hidrolisada pode ajudar. Seu veterinário poderá lhe indicar uma.
 
Alguns cães podem melhorar se forem alimentados mais vezes ao dia, por isso você pode aumentar o número de refeições e reduzir quantidade de comida, mantendo o total que seu cão come por dia. Dar a ração usando um brinquedo dispenser também pode ajudar.
 
Um treinamento com uso de um clicker, para treinar o cão para se afastar de fezes, juntamente com uma recompensa, tem ajudado em alguns casos.
 
Para cães que se sintam atraídos por caixas de areia, é preciso um pouco de criatividade. Usar caixas fechadas e apontar a abertura para uma parede pode ajudar. Outros colocam a caixa em um armário e deixam a abertura pequena demais para um cão. Lembre-se que se o seu gato não conseguir entrar, ele deixará de usar a caixa.
 
Acima de tudo, não castigue seu cão por comer fezes, pois isso pode encorajar este comportamento. Trabalhar sua obediência geral sempre pode ajudar. Se o cão souber o que você espera que ele faça, ele pode se sentir menos ansioso e terá menor chance de começar ou continuar a ter este comportamento.
 
 

Comer as fezes faz mal pra saúde?

 
Muitos parasitas podem ser transmitidos através de fezes. Geralmente, herbívoros tem parasitas que não infestam carnívoros. Mas cães que comem fezes de outros cães ou de gatos podem repetidamente ser infestados com parasitas como giárdias, coccídeos, e se as fezes forem antigas, áscaris e tricurídeos. Estes cães devem ser examinados e tratados com os medicamentos adequados com frequência.
 
 
Resumindo
 
Não se sabe com certeza o motivo de certos cães comerem as próprias fezes ou as de outros animais. O que se sabe com certeza é que quando demonstram este comportamento, quanto mais cedo forem tomadas medidas para corrigi-lo, maior a chance de sucesso.

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.