Catarata | Tudo Sobre Cachorros

Catarata

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 29/04/2013

Meu cão está ficando com os olhos brancos. O que é isso? Como tratar?
 
Se seu cão está com o que parece ser uma camada branca leitosa, ou com aparência de gelo triturado na frente de um ou ambos os olhos, provavelmente significa que ele está com catarata. Descubra o que é catarata e os tratamentos possíveis.
 
 
O que é catarata?
 
A catarata é uma doença oftalmológica que faz com que haja um distúrbio no estado natural das lentes dos olhos. Isto causa a perda da transparência do cristalino, e a diminuição ou a perda da visão.
 
catarata cachorroEste é o problema mais comum que pode afligir os olhos de um cão. Ele pode se desenvolver em cães de todas as raças e idades, embora seja mais comum em algumas raças.
 
 
Esclerose Nuclear
 
Muitos donos confundem a catarata com uma condição bem semelhante, chamada esclerose nuclear. A esclerose resulta em um acinzentamento nas lentes dos olhos e é uma condição natural de cães com mais idade, ocorrendo quando eles passam de seis anos de idade, geralmente em ambos os olhos ao mesmo tempo. A mudança na cor acontece por causa de uma compressão das fibras das lentes, e o problema afeta muito pouco a visão dos cães, portanto nenhum tratamento é necessário ou recomendado por veterinários.
 
 
Como a catarata se forma?
 
Existem várias formas e tipos de catarata, mas todas acontecem de uma forma similar: As lentes dos olhos são mantidas em um sistema desidratado. Eles é composto de um terço de proteínas e dois terços de água. Quando este sistema falha, mais água começa a se acumular nos olhos. Isto acarreta na mudança da transparência e na formação da catarata.
 
 
A idade do cão
 
A idade na qual a catarata se forma é crucial para determinarmos o tipo de catarata, se é de origem genética ou não.
 
 
Catarata congênita
 
cachorro catarataEste tipo de catarata já começa a se apresentar no momento do nascimento, normalmente em ambos os olhos. Não é necessariamente herdada dos pais, exceto no caso dos Schnauzers miniatura. Nas outras causas, pode ser originada por infecções ou toxinas.
 
 
Catarata desenvolvida
 
Este tipo é desenvolvido quando o cão é jovem. Assim como cataratas congênitas, pode ser causada por fatores externos, como trauma, diabetes, infecções ou toxinas. Cataratas herdadas nesta idade são mais comuns nas raças Afghan Hound e Poodle comum.
 
 
Catarata de idade avançada
 
Acontece após os seis anos de idade. Elas acontecem com menor frequência em cães do que em humanos.
 
 
Catarata herdadas
 
Pode se desenvolver em conjunto com outros problemas oftalmológicos ou não. Algumas raças parecem desenvolver esta catarata com idades específicas, como na lista abaixo. Se um cão desenvolver cataratas na idade abaixo, o cão não deve ser cruzado, pois há uma chance grande dos filhotes desenvolverem a catarata.
 


afghan hound 6-12 meses
cocker spaniel americano 6 meses ou mais
boston terrier congênito
pastor alemão 8 semanas ou mais
golden retriever 6 meses ou mais
labrador retriever 6 meses ou mais
schnauzer miniatura congênito / 6 meses ou mais
old english sheepdog congênito
husky siberiano 6 meses ou mais
staffordshire bull terrier 6 meses ou mais
poodle 1 ano ou mais
springer spaniel congênito
west highland white terrier congênito


 
 
Diabetes
 
Entre as desordens metabólicas que resultam em catarata, a mais comum é a diabetes mellitus. Em cães diabéticos, o excesso de glucose nos olhos é convertido em sorbitol, o que causa um aumento no fluxo de água nos olhos. Cataratas em cães diabéticos costumam se desenvolver rapidamente e em ambos os olhos. A remoção cirúrgica das lentes é possível, desde que a glicemia esteja controlada pelo menos nos úLtimos três meses.
 
 
Trauma
 
O trauma causado por um acidente de carro ou a perfuração por um espinho, por exemplo, pode causar catarata. Geralmente acontecem em apenas um olho e pode ser tratada cirurgicamente.
 
 
Tratamento
 
O tratamento da catarata canina consiste de remoção cirúrgica. Atualmente não há boas alternativas à cirurgia. Com a melhoria do material cirúrgico, este procedimento está se tornando muito mais comum. Existem diversas técnicas: Remoção das lentes inteiras, faco emulsificação, aspiração e dissecação. Todas as técnicas podem ter excelentes resultados. Para ter sucesso, é necessário que o cão passe por vários exames para avaliar se ele é um bom candidato à cirurgia. Animais diabéticos com a glicemia desregulada, animais agressivos ou com problemas cardíacos normalmente não são bons candidatos.
 
 
O que fazer se meu cão tem catarata?
 
Como sempre, procure seu veterinário ou um especialista em oftalmologia veterinária. Ele poderá tratar ou analisar qual será o melhor e mais efetivo tratamento para seu cão.
 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.