Cachorros com compulsão por coçar, lamber e mastigar o próprio corpo

Compulsão por coçar, lamber e mastigar

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 25/02/2015

Você está enlouquecendo de tanto ouvir seu cão coçar as orelhas a noite toda? Seu cão já ficou lambendo a pata sem parar? Sua alegria acaba ao ver seu cão mordendo o próprio rabo? Se você acha que fica desconfortável, imagine como seu cão se sente.
 
As compulsões para coçar, lamber e mastigar são bem comuns em cães e tem uma variedade de causas. Elas também podem ser prejudiciais. Um dos primeiros sinais é que seu cão tem um problema de “mancha vermelha” — uma área vermelha, úmida, irritada que surge do persistente mastigar e lamber. Apesar das manchas vermelhas, ou “dermatite úmida aguda”, poderem ocorrer em qualquer lugar do corpo do seu cão, elas são mais frequentes na cabeça, peito ou quadris. Como os cães ficam incessantemente coçando, lambendo ou mordendo uma área irritada, as manchas podem ficar maiores e virar feridas rapidamente. Veja nosso artigo sobre dermatite por lambedura.
 
 

Razões porque os cães coçam, lambem ou mordem compulsivamente

 
lamber a pataOs cães coçam, lambem ou mordem por uma grande variedade de razões, que vão de alergias, tédio até infestação de parasitas:
 
Alergias. Quando a coceira do cão sai do controle, frequentemente é resultado de alergias a comida ou agentes ambientais, incluindo mofo e pólen. Cães também desenvolvem uma irritação na pele chamada dermatite de contato quando convivem com substâncias como pesticidas ou sabão.
 
Tédio ou ansiedade. Assim como pessoas ansiosas podem roer as unhas ou torcer os cabelos, os cães podem ter respostas físicas para distúrbios psicológicos também. Na verdade, alguns cães desenvolvem uma doença semelhante ao transtorno obsessivo compulsivo humano. Ele pode se manifestar como coceiras, lambidas ou mordidas que podem causar danos graves.
 
Pele seca. Uma variedade de fatores, incluindo tempo frio e deficiências de ácidos graxos, podem ressecar a pele do cachorro. Seu cão pode reagir ao desconforto coçando ou lambendo a pele e o pelo.
 
Desequilíbrios hormonais. Se o corpo do seu cão não estiver produzindo hormônios da tiróide suficientes ou eliminando muito cortisol, infecções de pele podem ocorrer. Você pode notar manchas pequenas e vermelhas e seu cão pode coçar ou lamber como se estivesse incomodado por alergias.
 
Dor. Ao tentar determinar por que seu cão está lambendo ou mordendo excessivamente, considere a possibilidade de que algo esteja causando desconforto físico. Por exemplo, se você reparar que seu cão morde a pata repetidamente, ele pode ter um espinho ou um pedaço de pedra preso na pata. Morder ou lamber compulsivamente pode ser também uma reação a problemas ortopédicos, incluindo dor nas costas e displasia do quadril.
 
Parasitas. Entre as causas mais comuns para a compulsão de lamber, morder ou coçar,estão pulgas , carrapatos, e ácaros. Embora os carrapatos costumem ser visíveis a olho nu, as pulgas só são visíveis se houver grande infestação e os ácaros são microscópicos. Assim, não conclua que seu cão não sofre de parasitas só porque não pode vê-los.
 
 

Tratamento para a compulsão para coçar, lamber e mastigar

 
Por haver muitas razões para a compulsão do cão, verifique antes com o veterinário assim que reparar no problema. O veterinário vai ajudar a descobrir a causa do comportamento e determinar o melhor plano de tratamento. Dependendo da causa, o tratamento pode incluir:
 
Eliminação de parasitas. Há uma variedade de produtos para pulgas e carrapatos que seu veterinário pode recomendar. Além disso, se os problemas do seu cão são causados por pulgas, certifique-se de lavar a cama do seu cão e limpar tapetes e estofados regularmente para reduzir a tendência a reinfestação. Você também vai precisar tratar os outros animais da casa.
 
Mudança alimentar. Se alergias alimentares estão causando coceiras no seu cão, a eliminação de alimentos desencadeantes (como carne ou trigo) pode fazer uma enorme diferença. Seu veterinário irá recomendar uma dieta especial se parecer que este é o caso. A adição de suplementos de ácidos graxos na alimentação diária de seu cão pode ajudar a resolver problemas de pele seca e manter os pelos saudáveis.
 
Uso de medicações. Seu veterinário pode receitar medicações para tratar problemas de fundo contribuindo para a coceira persistente do cachorro. Além disso, o veterinário pode recomendar o uso de antibióticos, esteróides, ou produtos anti-coceira para tratar manchas existentes ou infecções da pele.
 
Prevenindo o comportamento. Comportamentos compulsivos podem causar sérios danos e afetar a qualidade de vida do seu cão, por isso é importante fazer o possível para impedi-lo de morder, lamber e coçar demais. Algumas ideias incluem o uso de sprays amargos para desencorajá-lo de lamber, coleiras especiais para impedir o acesso as manchas vermelhas, ou mantê-lo por perto quando você estiver em casa.
 
Lidando com ansiedade ou tédio. Em alguns casos, a compulsão se desenvolve como reação ao medo, stress ou estímulos inadequados. Para reduzir essa tendência, certifique-se de que ele receba bastante exercício, atenção e amor. Também pode ser útil treinar o cachorro para mastigar brinquedos e ossos para aliviar o stress como substituição ao comportamento compulsivo.
 

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.