Deixar o cachorro do lado de fora da casa

Só ficar no quintal não é bom para o cão

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros Atualizado em 27/07/2015

Se você mora na cidade, seu cão urbano provavelmente faz o esquema dois passeios agendados diários para exercitar, socializar e fazer suas necessidades. Mas se sua casa vem equipada com quintal e cerca, é muito mais fácil manter um cachorro. A simplicidade de dar ao seu cão a liberdade matinal enquanto você ainda está de roupão e chinelos é imbatível. Adicione uma porta de cachorro e você não terá nem mesmo que sair da cama! Ele poderá satisfazer suas necessidades em sua própria programação. Porém, alguns cães de guarda usam o quintal como uma muleta e, antes que você perceba, o quintal se tornará o mundo dele. Seu cachorro só fica no quintal? Quanto disso é bom pra ele?
 
 
Os donos transformam seus cães em “cachorros de quintal”
 
Quando os cães se tornam adolescentes, eles nunca se cansam de exercícios, e suas contradições costumam frustrar os donos. Em um dia ele parece ter crescido. No dia seguinte, está mastigando a casa como uma serra. Em um desses acessos, o dono já está expulsando o cão para o quintal. No início, pode ser apenas durante as refeições para evitar que ele fique pedindo comida, ou quando recebe visitas, para evitar que ele pule. Em seguida, quando vai trabalhar, para evitar que ele mastigue a casa enquanto está sozinho. Quando menos se espera, o único momento em que ele esta dentro de casa é durant as tempestades ou dias frios. Isso é vida para um cachorro?
 
Cachorro no quintalTransformar um adolescente indisciplinado em um cachorro de quintal não resolve nada. Apenas traz alívio temporário. De fato, seu cão não vai subir na sua tia se ele estiver lá fora, mas ele também não irá aprender a se comportar corretamente com os convidados da casa.
 
Um cachorro mantido fora de casa experimenta isolamento social. Ele começar a latir e uivar demais na tentativa de reunir seu bando. Quando um membro da família vai ao quintal passar um tempo com ele, ele dispara em saltos e vocalizações, exibindo um nivel de entusiasmo tão intenso que essa pessoa não vai querer voltar para uma segunda visita.
 
Com o tempo, um cão isolado se tornará excessivamente independente e difícil de treinar. Ele não terá mais o desejo de agradar, pois o que necessita agora é ocupar seu tempo de todas as formas possíveis. Seu lema se torna “Se é divertido, faça!” Desenterrar plantas. Escavar um buraco. Brigar na cerca com o cão do vizinho. Sem interação humana, essas são as atividades gratificantes para um cão de quintal. Não há nada errado em deixar um cão bem comportado passar um dia sem fazer nada na grama, aproveitando o sol ou brincando com as folhas caídas. Mas quando o quintal assume o seu lugar de ensinar comportamento apropriado, você precisa voltar alguns passos e pensar em por que você tem um cachorro.
 
 
Faça chuva ou faça sol
 
Se o seu cachorro gosta de passar bastante tempo ao ar livre, ele precisa de proteção. Uma casinha de cachorro pode oferecer acesso a sombra em um dia quente ou abrigo contra o frio, a chuva e o vento. Quando providenciar uma casinha de cachorro, certifique-se de que a abertura não receba vento gelado nos meses mais frios do ano. Se a abertura for larga, pendure algumas tirar de tapete na porta para manter o calor e afastar o frio. E coloque roupa de cama bem forrada, com palha, por exemplo, para manter o cachorro longe do frio do chão. Lembre-se de limpar o local em períodos de meses para garantir que não há criação de pragas – um ninho de vespas foi descoberto na casinha de um pobre Spaniel.
 
Se seu cachorro passa mais de uma hora lá fora em um dia quente ou muitas horas em outras épocas do ano, verifique se ele tem água fresca sempre disponível. Coloque algum peso no recipiente ou prenda de algum modo que ele não possa virá-lo e derramá-lo facilmente. É melhor que ele faça as refeições dentro da casa porque comida parada vai atrair insetos indesejados.
 
Para situações onde não há cercas nem há necessidade de mantê-lo fora de uma área, construa uma pequena arena de exercícios onde ele possa fazer coisas “de cachorro” sem incorrer na ira da família e de vizinhos. Se você mora em um local que proíbe cercas, o isolamento com um cabo pode resolver. Porém, esses isolamentos não são seguros para cães com forte aceleração, como Greyhounds. O impacto quando atingem o fim dessa linha é bastante forte, e há risco de danos na coluna. Correntes devem ser evitadas porque podem torcer e ferir o cão.
 
Cães são animais de companhia e, como tais, pertencem às nossas casas e às nossas famílias. Só porque você tem um quintal, não quer dizer que seu cão deva ser restrito a ele. Reserve um tempo para ensiná-lo a se comportar e o socialize com o mundo além da sua casa. Você vai descobrir que tem a melhor companhia possível.

Snapchat Tudo Sobre CachorrosInstagram Tudo Sobre Cachorros

Ganhe um Calendário 2016

Assine GRÁTIS a Newsletter, receba os artigos no seu e-mail e ganhe um lindo Calendário 2016 pra você baixar e imprimir!

Mãe de cachorro?

Junte-se a nós!

Cadastre-se para conhecer a DogHero, serviço de hospedagem para cães, e receba toda semana novidades do mundo canino.