As raças que mais latem

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros

Embora haja algumas exceções, quase todas as raças latem. Algumas raças são mais propensas a latir, especialmente as raças de trabalho. Porém, muitas raças menores como toys e terriers latem. O mais importante, é que há circunstâncias que contribuem para o excesso de latidos em qualquer raça. Muitos métodos eficientes podem conter os latidos quando você aprender a antecipar os gatilhos de latido internos do seu cão. Se você está tendo problemas com o excesso de latidos, saiba como fazer seu cão latir menos.
 
 

Raças que latem muito e as raças que latem pouco

 
Pastor de Shetland late muitoTerriers (Yorkshire, Cairn e West Highland) estão entre os mais latidores. Os terriers foram criados originalmente para caçar parasitas e tendem a ser mal humorados também. O Poodle e o Chihuahua são os próximos com mais tendências a latir em horas inapropriadas. O Pastor de Shetland e o Setter Irlandês estão entre as poucas raças de porte grande conhecidas como latidoras. O Bloodhound, o Golden Retriever, o Pug, o Buldogue Inglês e o Buldogue Francês são as raças menos latidoras. E o Basenji na verdade não late.
 
 

Por que os cachorros latem

 
Cães treinados e devidamente socializados são menos propensos a latir inesperadamente ou em excesso. Um estímulo ambiental, como uma batida inesperada na porta, pode assustar o seu cão assim como assustaria você, assim isso provoca um latido de alarme natural. Socializando seu cão com humanos e animais apresenta a ele locais e sons comuns e reduz o latido de alarme. Treinamento de rotina ensina ao seu cão comandos básicos. Reforços positivos ensinam ao seu cão que ações são permitidas. Um imprinting bem feito na infância ajuda o cão a latir menos.
 
 
Necessidades não satisfeitas
 
Cachorro latindo muitoOutra razão para latidos em excesso é a tentativa do cão de comunicar necessidades como fome, sede ou ansiedade. Uma dieta pobre com falta de nutrientes essenciais não satisfaz as necessidades nutricionais de seu cão. Cães confinados a áreas pequenas com pouco espaço para se exercitar ou deixados sozinhos do lado de fora podem latir por tédio. Implementar uma dieta de qualidade e uma rotina de exercícios são ações eficazes no combate aos indesejados latidos de todas as raças. Ensinar ao seu cão quando latir pode limitar a necessidade do latido, mesmo em horas apropriadas.
 
 

Considerações

 
Antes de adotar um filhote ou cachorro, reserve um momento para observar o cão em seu ambiente natural antes de abordá-lo. Qual a linguagem corporal do cão? Veja se ele late às vezes pra dizer “oi” ou late sem parar, o que pode ser sinal de problemas a caminho. Cachorros latidores são um ponto de conflito em potencial com vizinhos. Se você tem um cachorro latidor, diga aos vizinhos que está trabalhando para corrigir esse comportamento e agradece a paciência. Nunca use métodos abusivos, cruéis ou desumanos, como gritar ou bater, para acalmar seu cão. Paciência e uma rotina de cuidados vão atender aos melhores interesses do cão e aos seus. Jamais bata no seu cão.
 


homeopet