Maltês


Canil PimpolhinhosO cachorro da novela Salve Jorge é um Maltês. A carinha do Maltês é irresistível, tanto o filhote quanto o adulto. Conheça mais sobre essa raça maravilhosa.
 
Família: bichon, companhia, terrier, cão da água
Grupo do AKC: Toys
Área de origem: Malta
Função Original: cão de colo
Tamanho médio do macho: Alt: 22-25 cm, Peso: 1-4 kg
Tamanho médio da fêmea: Alt: 22-25 cm, Peso: 1-4 kg
Outros nomes: Bichon Maltês
Posição no ranking de inteligência: 59ª posição
Padrão da raça: confira aqui
 
 

Energia
Gosto por brincadeiras
Amizade com outros cães
Amizade com estranhos
Amizade com outros animais
Proteção
Tolerância ao calor
Tolerância ao frio
Necessidade de exercício
Apego ao dono
Facilidade de treinamento
Guarda
Cuidados com a higiene do cão

 
 
Origem e história da raça
 
MaltêsO Maltês é a mais antiga das raças toys europeias, e está entre as mais antigas de todas as raças do mundo. A ilha de Malta foi um dos primeiros portos comerciais, visitada por marinheiros fenícios em 1500 a.C. Os cães malteses foram mencionados em documentos já em 300 a.C. A arte grega inclui cães do tipo Maltês desde o século 5 e há evidências de que até mesmo túmulos foram construídos em homenagem a ele. Embora os cães fossem exportados e distribuídos pela Europa e pela Ásia, o grupo de Malta permaneceu relativamente isolado dos outros cães resultando num cão único e que se manteve assim por séculos. Apesar da marca principal do Maltês ser o seu pelo longo, sedoso e branco brilhante, os primeiros Malteses também nasciam em outras cores. No começo do século 14 eles foram levados à Inglaterra onde se tornaram os queridinhos das damas da sociedade. Escritores dos séculos seguintes sempre comentavam sobre seu tamanho pequeno. Esses cães nunca foram banais, e uma pintura de 1830 chamada “O Cão-Leão de Malta, Último da Raça” sugere que a raça pode ter estado em risco de extinção. Pouco depois, dois malteses foram levados à Inglaterra de Manila. Embora fossem presentes para a Rainha Vitória, eles passaram por outras mãos, e seus filhotes se tornaram os primeiros malteses exibidos na Inglaterra. Nessa época, eles eram chamados de Maltês Terrier, apesar da não terem ancestrais terrier nem as características da raça. Na América, os primeiros malteses foram apresentados como “cães-leão maltês”, por volta de 1877. O nome cão-leão vem provavelmente do costume de seus criadores, especialmente na Ásia, de tosá-los para parecerem com leões. O AKC reconheceu o Maltês em 1888. O Maltês cresceu lentamente em popularidade e hoje é um dos toys mais populares.
 
 
Temperamento do Maltês
 
Há muito tempo é o cachorrinho de colo preferido, e o gentil Maltês se encaixa lindamente nesse papel. Ele também tem um lado selvagem e ama correr e brincar. Apesar do seu ar inocente, ele é corajoso e rabugento, e pode desafiar cães maiores. Ele é um pouco reservado com estranhos. Alguns latem muito.
 
 
Cuidados com o Maltês
 
É fácil satisfazer as necessidades de exercícios do Maltês. Ele se satisfaz com brincadeiras dentro de casa, brincando no quintal ou passeando na coleira. Apesar de seu pelo, o Maltês não é um cachorro para viver fora de casa. O pelo precisa ser penteado a cada um ou dois dias. Pode ser difícil manter seus pelos brancos em alguns locais. Os cães de estimação precisam ser podados para facilitar o cuidado.
 
 
Saúde do Maltês
 
Principais Preocupações: nenhuma
Preocupações Menores: luxação da patela, fontanela aberta, hipoglicemia, hidrocefalia, distiquíase, entrópio
Vistos Ocasionalmente: surdez, Síndrome de Tremor do Cão Branco
Exames Sugeridos: joelhos, olhos
Expectativa de Vida: 12-14 anos
 
 
Cães semelhantes ao Maltês
 
Bichon Frisé
Griffon belga
Bichon Havanês
Pequinês
Poodle (Toy)
Shih Tzu
Yorkshire Terrier
 
 
Galeria de fotos

no images were found


 
Atenção: o site Tudo Sobre Cachorros não se responsabiliza pela procedência dos cães do canil anunciante, bem como não tem qualquer intenção de lucrar com a venda de filhotes.
 

Comentários

comentários