Tudo sobre o Labrador Retriever

Labrador

Escrito por: Tudo Sobre Cachorros


Anúncio canilOs filhotes de Labrador são muito fofos e cativantes. E quando adultos eles continuam tão simpático quanto antes. Uma raça popular no mundo todo que conquista cada vez mais corações.
 
Família: cão de caça, cão de busca
Grupo do AKC: Esportistas
Área de origem: Canadá
Função original: busca na água
Tamanho médio do macho: Alt: 57-62 cm, Peso: 29-36 kg
Tamanho médio da fêmea: Alt: 54-60 cm, Peso: 25-31 kg
Outros nomes: Retriever do Labrador
Posição no ranking de inteligência: 7ª posição
Padrão da raça: confira aqui
 
 

Energia
Gosto por brincadeiras
Amizade com outros cães
Amizade com estranhos
Amizade com outros animais
Proteção
Tolerância ao calor
Tolerância ao frio
Necessidade de exercício
Apego ao dono
Facilidade de treinamento
Guarda
Cuidados com a higiene do cão

 
 

Origem e história da raça

 
LabradorOs primeiros Labradores eram geralmente cães da água que vieram dos Terra-nova, não dos Labradores. Essa raça não apenas não deu origem ao Labrador como também não foi chamada de Labrador Retriever no começo. Os Terra-nova do começo de 1800 tinham diferentes tamanhos, sendo o menor deles, “Lesser”, ou “Cão de Saint John”, a primeira encarnação do Labrador. Esses cães, pretos, de tamanho médio e pelo curto, não apenas buscavam caças, mas também peixes, puxando pequenos barcos de pesca nas águas geladas e ajudando os pescadores em todas as tarefas em que precisasse nadar. A raça acabou desaparecendo, em grande parte por causa dos pesados impostos sobre cães. Porém, um grupo de Labradores foi levado à Inglaterra no começo de 1800, e foi a partir desses cães, cruzados com outros retrievers, que a raça continuou. Foi também na Inglaterra que a raça ganhou reputação com um extraordinário buscador de caças de montanha. No começo, os criadores davam preferência aos Labs pretos, e sacrificavam os de cores amarela ou chocolate. No começo de 1900, as outras cores começaram a ser aceitas, embora não tanto quanto a cor preta. A raça foi reconhecia pelo English Kennel Club em 1903, e pelo AKC em 1917. Sua popularidade cresceu sem parar. Ele se tornou a raça mais popular da América em 1991 e continua sendo até hoje.
 
 

Cores do Labrador

 

labrador amarelo

Um bom exemplo de um cão despigmentado, fruto de cruzas erradas.

Cientificamente não foi comprovado que desvios de comportamento sejam mais comuns a uma cor do que a outra. Mas, é visto que a maioria dos problemas ocorre em labradores amarelos e chocolates (ambas as cores são recessivas, sendo que a cor chocolate é ainda mais recessiva que a cor amarela). Nota-se que os labradores amarelos são mais agitados, mais ansiosos e tem mais problemas temperamentais que as outras cores. Isso pode ser explicado pelo fato de que o labrador amarelo ficou muito popular, muita gente cruza sem ter conhecimento sobre a raça (principalmente sem reparar o temperamento do cão. Cruza só porque acha bonito, e aí não percebe que está cruzando um cão muito agitado, agressivo ou medroso. Por isso cruza só deve ser feita por canis experientes). Por isso vemos tantos labradores amarelos problemáticos (lembram do filme “Marley & Eu”?).
 
Não recomenda-se cruzar um labrador amarelo com um labrador chocolate, ou então dois labradores chocolate por três gerações sucessivas (ou seja, os pais são chocolate, os avós são chocolate e os bisavós são chocolate). Nem cruzar dois amarelos por mais de quatro gerações, sem que esses cães cruzem com labradores pretos. Essas cruzas acabam gerando um problema de despigmentação nas mucosas e olhos. Um labrador amarelo com focinho e olhos claros NÃO está dentro do padrão e não deveria nunca cruzar. Essa despigmentação pode causar inclusive câncer de pele, pois eles não tem melanina pra proteger tais regiões (como o focinho, por exemplo).
 
cores labrador
 
 

Temperamento do Labrador

 
Poucas raças merecem tanto seu sucesso como o Labrador Retriever. Devotado, obediente e amável, o Lab se dá bem com crianças, outros cães e animais de estimação. Ele pode ser um tranquilo cão dentro de casa, um brincalhão no quintal e um intenso cão do campo, tudo no mesmo dia. Ele tem muita vontade de agradar, adora aprender e se supera em obediência. É uma raça forte, que gosta de nadar e buscar coisas. Ele precisa de desafios diários para se manter ocupado. Um Labrador entediado pode se meter em encrencas, como destruir tudo o que estiver na sua frente.
 
Labrador é uma das melhores raças pra crianças por serem muito dóceis e pacientes. Veja neste vídeo:
 


 
 

Como cuidar de um cachorro Labrador

 
Labradores são cães ativos e sociáveis. Ele precisa de exercícios diários, de preferência nadando e buscando. Labradores adoram água! Donos de um Labrador que tenham piscina devem manter uma área separada só para ele, ou se preparar para dividir a piscina com o cachorro. Seu pelo é impermeável, não molha facilmente e precisa ser escovado para remover pelos mortos. Labradores são mais felizes vivendo dentro de casa com sua família, não é o tipo de cachorro pra ficar somente no quintal.
 
Labradores suportam muito bem temperaturas altas e baixas e não costumam ter problemas com calor ou frio.
 
Eles são muito dóceis e ficam magoados e tristes quando brigam com eles ou quando gritam. Um treinamento calmo e assertivo fará do seu labrador um cão feliz e equilibrado.
 
Labrador tem tendência a engordar, então para evitar a obesidade, sempre controle suas porções de comida. Ofereça a quantidade de ração recomendada na embalagem e jamais deixe comida a vontade, pois são muito comilões!
 
Se você não tem tempo de passear, não pense em ter um labrador. Eles precisam de MUITO exercício e 20 minutos de caminhada não são suficientes pra suprir isso.
 
 

Saúde do Labrador

 
Principais Preocupações: displasia de quadril, torção gástrica, nanismo com displasia retinal, distrofia muscular, displasia do cotovelo
Preocupações Menores: catarata, OCD, Catrofia Progressiva da Retina, dermatite piotraumática
Vistos Ocasionalmente: diabetes, entrópio, distiquíase
Exames sugeridos: quadril, cotovelos, olhos
Expectativa de Vida: 10 a 12 anos
 
 

Preço do Labrador

 
Quanto custa um Labrador? O valor do Labrador depende da qualidade dos pais, avós e bisavós da ninhada (se são campeões nacionais, internacionais etc). Pra saber quanto custa um filhote de Labrador, veja nossa tabela de preços aqui: preço de filhotes de cachorro. Veja aqui porque você não deve comprar um cachorro em classificados na internet ou em petshops. Veja aqui como escolher um canil.

 
 

10 motivos pra você NÃO TER um labrador

 
1- Se você acha que lugar de cachorro é no quintal, de preferência preso no canil.
2- Se você não gosta de cachorro “grudento”, que adora ser um membro da família e vive atrás de você enquanto você anda pela casa e deitado no seu pé quando você resolve sentar;
3- Se você não tem tempo para passear com ele no mínimo 1 x ao dia, durante uma boa hora;
4- Se você acha que só comida e passeio resolvem, não precisa gastar tempo brincando de bola, dando atenção, escovando;
5- Se você tem um belo jardim e morre de ciúmes dele (sim, um Labrador vai cavar buracos e possivelmente destruir suas flores);
6- Se você acha que seus objetos pessoais (tipo CD, sapatos, sandálias, etc) são insubstituíveis (labradores filhotes são “terríveis”);
7- Se você não tem uma paciência de jó para ensinar um filhote o que pode e o que não pode fazer;
8- Se você não tem persistência para continuar ensinando;
9- Se você acha que com um ano de idade ele já vai estar maduro e deixar de aprontar;
10- Se você não vê graça em ter um cão-panheiro para alegrar seus dias.
 
 

Cães semelhantes ao Labrador

 
Chesapeake Bay Retriever
Retriever de Pelo Encaracolado
Golden Retriever
Retriever de Pelo Liso
 
 

 

Com vocês, o primeiro programa Tudo Sobre Cachorros!
 

 
ASSINAR CANAL